Aziz anuncia metas de governo

Eleitores do Amazonas elegem também Eduardo Braga e Vanessa Grazziotin para o Senado

Eduardo Asfora, iG Amazonas |

O governador reeleito do Amazonas Omar Aziz (PMN) afirmou em entrevista esta noite em Manaus que vai priorizar as áreas de segurança, educação e saúde com mais investimentos. Na primeira entrevista depois de eleito assegurou que os mais de um milhão de votos recebidos nas urnas serão correspondidos com “muito trabalho.”

Quando perguntado sobre o apoio à Dilma Rousseff, candidata à presidência pelo PT, foi categórico. “A princípio não penso em apóiá-la, pois não pedi votos. Vamos ter uma reunião para definir isso e se for melhor para o Amazonas, vamos fazê-lo. Não posso pensar em mim, e sim no Amazonas,” afirmou.

Aziz recebeu quase um milhão de votos. Disse que esperava a vitória no primeiro turno, mas não com uma larga margem sobre o segundo colocado. “Fiquei muito agradecido pelo apoio recebido pela população. Não esperava toda essa votação, agora é corresponder com muito trabalho.”

Uma multidão foi ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) comemorar a vitória de Aziz. Faltando ainda 3% para a apuração, ele contabilizava 63% dos votos contra 25% de Alfredo Nascimento (PR).  Aziz comentou a “agressividade e as acusações” feitas pelo adversário.

“Ele (Alfredo) tentou me desestabilizar, porém não deu certo. A população deu um voto de confiança ao continuísmo, aos nossos projetos. Isso é muito importante.”

Senado

O Amazonas também conheceu esta noite os dois novos representantes para o Senado. Eduardo Braga (PMDB) recebeu 42% e Vanessa Grazziotin (PCdoB), 22,53% dos votos válidos. O senador Artur Virgílio Neto (PSDB), que tentava a reeleição, conseguiu 22,17%. A diferença entre o segundo e o terceiro colocado é 9.923 votos.

Presidência

Para a Presidência da República, Dilma Rousseff (PT) obteve no Estado mais de 60 % dos votos, contra 30% de Marina Silva (PV) e 9% de José Serra (PSDB). No Amazonas, votaram ainda 2.600 eleitores em trânsito, destes 80 % escolheram Dilma presidente.


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG