Objetos foram jogados de um prédio comercial mas não atingiram a candidata, que fazia caminhada pelo centro de Curitiba

Dilma Rousseff em carreata no Paraná
Agência Estado
Dilma Rousseff em carreata no Paraná
A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff participou hoje (21), em Curitiba, de breve e tumultuada caminhada no calçadão da Rua XV. A candidata chegou com mais de uma hora de atraso, por volta das 11h30 e, após concentração na Praça Santos Andrade, recebeu manifestações de apoio mas não concluiu o trajeto até a Boca Maldita, como estava previsto na véspera.

A caminhada foi interrompida antes mesmo de chegar à metade do trajeto. Manifestantes foram alvo de pelo menos três bexigas cheias de água lançadas do alto de um prédio comercial. Ninguém ficou ferido. O ex-candidato a deputado federal Ricardo Gomyde, do PCdoB saiu parcialmente molhado. A Diretran multou o motorista do carro de som e de um jipe, já que o acesso de veículos ao calçadão é proibido. A multa, segundo a Diretran, é de R$ 570,00.

Enquanto militantes cantavam bordões de torcida para Dilma, iniciando caminhada até a Boca Maldita, a candidata embarcava em um carro para seguir até Pinhais, na Região Metropolitana, segunda etapa de sua agenda, que incluía carreata até o município de Piraquara.

Recepção

Dilma foi recebida na capital pelo governador Orlando Pessuti (PMDB) e ciceroneada pelo senador Osmar Dias (PDT) e os senadores eleitos Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT). Em rápidas declarações, reafirmou compromissos com o Paraná. A visita, segundo o presidente do PT paranaense, Enio Verri, mostra o prestígio do Paraná e o reconhecimento “do grande avanço que tivemos em termos de votos à Presidência, para bancada da nossa aliança e mesmo para bancada do PT, que elegeu uma senadora, cinco deputados federais e seis deputados estaduais”.

O PT anuncia para a próxima terça-feira, (26), a visita do presidente Lula a Curitiba, para encontro com prefeitos e lideranças políticas. À noite, Lula poderá participar de um comício na Região Metropolitana, juntamente com Dilma. O local, ainda não definido, poderá ser o município de Colombo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.