Ator da Globo vira atração no Twitter ao justificar voto em Dilma

José de Abreu foi visto por mais de 10 mil internautas simultâneamente e esbravejou contra eleitores de Serra usando palavrões

iG São Paulo |

Petista tradicional desde 1989, o ator global José de Abreu, de 65 anos, virou atração no twitter nesta sexta-feira. Ao tentar justificar o voto em Dilma Rousseff e defender a candidata da onda de boatos sobre aborto, o ator travou uma verdadeira batalha verbal com internautas que tentavam ridicularizar sua postura.

Fazendo uma transmissão via webcam da cidade de Santiago, no Chile, o ator criticou a onda de “denuncismo no Brasil” e a “despolitização dos jovens”. Além de criticar o “jogo imoral da direita” e atacar o vice de Serra, Índio da Costa, chamando de “surfistinha do Rio de Janeiro”, Zé de Abreu defendeu a liberalização da maconha e do aborto. “O Fernando Henrique Cardoso e eu somos defensores da liberalização da maconha porque do jeito que está não pode ficar. Isso certamente acabaria com a violência nos morros”, disse o ator.

Reprodução
Reprodução da transmissão ao vivo do ator José de Abreu, que vociferou contra eleitores de Serra no Twitter

Combatendo as agressões com palavrões, o ator global disse que está preocupado com a “onda conservadora que tomou de assalto o Brasil”. Ele usou palavras pesadas para atacar insinuações sobre a ligação do PT com personagens da política como os ex-presidentes Fernando Collor de Mello e José Sarney.  “O Sarney foi um câncer para o Brasil apenas durante dois meses. Hoje a mídia não cobra nada sobre as denúncias contra ele e o sujeito vai ficar no poder por mais 50 anos”, disse Abreu.

Reprodução
O ator José de Abreu com a cerveja na mão
Apesar de dizer que não estava bêbado, o ator gesticulava bastante e durante toda a transmissão tomava uma cerveja. José de Abreu disse que não estava preocupado sobre como sua fala poderia repercutir na TV Globo, onde o ator trabalha há 30 anos. “A Globo não tem essa patrulha ideológica que vocês pensam. Trabalho lá há 30 anos e recebo para ficar em casa esperando alguém me chamar para um trabalho”, disse ele. O ator ainda ironizou os internautas dizendo que o dinheiro que ele recebe é oriundo da audiência que os internautas dão às novelas.

A transmissão feita for José de Abreu foi vista por mais de 10 mil internautas simultaneamente. Durante vários momentos ele criticou os eleitores de Serra por suposta "ignorância" e "burrice". Abreu também defendeu o palhaço Tiririca dizendo que sua candidatura é legítima. "O que é que provaram até agora contra o Tiririca? Ele roubou e matou alguém? Só porque ele é palhaço querem cassá-lo? Eu também sou palhaço", afirmou.

    Leia tudo sobre: eleições Serraeleições Dilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG