Ao votar, candidato e estilista Ronaldo Ésper come pastel

De sobretudo, gravata e sapato bico fino, costureiro de vestidos de noivas disse que não imaginava que existia tanta miséria

Thami Nóbrega, iG São Paulo |

Flávio Torres
Ronaldo Ésper come pastel em frente à escola onde votou
Na barraca de pastel em frente ao colégio Dante Alighieri, na rua Jaú, uma das regiões mais ricas da cidade de São Paulo, o estilista e candidato a deputado federal pelo PTC, Ronaldo Ésper, 66 anos, votou neste domingo sem ser abordado pelas pessoas que passavam pelo local. O pastel e dois copos de caldo de cana seriam sua refeição hoje, dizia Ésper, que foi acusado, no passado, de roubar vasos em um cemitério da capital, o que ele sempre negou ter feito.

De sobretudo escuro, gravata quadriculada e sapato bico fino, o estilista de vestidos de noivas disse que estava exausto e que nem iria acompanhar a votação. “Pretendo voltar para casa e só acordar amanhã”. O estilista comentava que, antes da campanha, “não imaginava que existia uma miséria tão grande".

    Leia tudo sobre: eleições spmodavotaçãoronaldo esper

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG