Ao receber apoio do PP, Dilma comete gafe e troca nome da sigla

Em encontro em Brasília, petista chamou legenda aliada de 'Partido Popular'

Andréia Sadi, iG Brasília |

Agência Estado
Dilma encontra representantes do PP em Brasília
Após almoçar em Brasília com a cúpula do PP, a presidenciável petista Dilma Rousseff concedeu coletiva nesta quinta-feira na companhia do presidente da legenda, Francisco Dornelles, para anunciar o apoio formal da legenda ao seu nome. A candidata, no entanto, confundiu-se enquanto relatava o encontro e chamou o PP (Partido Progressista) de “Partido Popular”.

“Eu queria declarar que é muito importante esse apoio do Partido Popular. O PP tem sido grande parceiro do governo do presidente Lula”, disse Dilma.

Sobre os diretórios que apoiam Dilma, Dornelles disse que o quadro será o mesmo do primeiro turno: 22 são favoráveis à petista, três estão com o tucano José Serra e dois estão neutros.

Durante o encontro, que contou ainda com os coordenadores da campanha petista José Eduardo Cardozo e Antonio Palocci, e o senador eleito Ciro Nogueira (PP-PI), Dilma recebeu do PP quatro propostas para serem incorporados ao seu programa de governo.

Dornelles explicou: “A primeira é uma alteração no Super Simples para reduzir a tributação das médias, pequenas e micro empresas. O segundo foi o de desonerar o investimento. (..) O terceiro ponto é agilizar o sistema de defesa comercial de forma a proteger a indústria brasileira e o último é implantar um programa profundo de desburocratização”, disse ele ao final do almoço. Questionado se haverá algum compromisso por escrito da candidata, Dornelles disse que acredita na palavra da ex-ministra.

    Leia tudo sobre: eleições dilmapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG