Presidenta eleita convocou reunião com coordenadores na manhã de hoje, antes de partir para Coreia do Sul

Antes de embarcar para sua primeira viagem internacional como presidenta eleita, Dilma Rousseff convocou uma reunião na manhã desta segunda-feira, na sua casa, no lago Sul, em Brasilia, com os três coordenadores da sua transição além do vice, Michel Temer (PMDB). No encontro, a petista dará as coordenadas sobre como o trio e o peemedebista deverão conduzir as conversas das mudanças no governo que foram traçadas sob tutela do presidente Luiz Inacio Lula da Silva ontem a noite.

Dilma viajará para a Coreia do Sul hoje à noite, a convite da delegação do País, e encontra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Seul. Com a petista, apenas estarão dois assessores e o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Sem a pressão de aliados nem a presença do trio conhecido como "três porrquinhos" - apelido dado aos coordenadores da campanha Antonio Palocco, José Eduardo Dutra e José Eduardo Cardoz, fontes próximas a presidenta eleita acreditam que ela voltará de Seul com o desenho do seu futuro ministério formado.

Sua cota de indicados já estará escolhida, afirmam auxiliares da petista. Os outros nomes do time devem ser discutidos com o presidente durante a viagem que acontece nos dias 11 e 12 de novembro, no encontro do G20.

Dilma embarca de voô comercial hoje e faz escala em Frankfurt. Chega em Seul meio-dia da quarta-feira. Na volta, embarca no aerolula e deve passar o final de semana em Porto Alegre, na companhia da filha e do neto, Gabriel, antes de anunciar mudanças na sua futura equipe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.