Ana Júlia acusa PSDB de sucatear saneamento

Governadora do Pará diz que ao assumir em 2007 a companhia estava pronta para ser privatizada

Pollyanna Bastos, iG Pará |

A governadora do Pará e candidata à reeleição Ana Júlia Carepa (PT) acusou o PSDB de ter sucateado a Companhia de Saneamento do Estado, como estratégia de privatização do serviço. Quando assumiu o governo em 2007 a companhia não recebia investimentos porque estava preparada para ser vendida, acrescentou.

Ana Júlia assumiu o governo após o mandato de Simão Jatene (PSDB), seu principal adversário na disputa deste ano. As declarações da candidata petista foram feitas entrevista à um programa de rádio, transmitido para as regiões Metropolitana de Belém, Marajó e Baixo Amazonas.

A prefeitura de Belém tem um projeto de terceirização dos serviços de saneamento e abastecimento de água na capital em tramitação na Câmara Municipal desde o fim do mês de junho, quando a candidata petista ganhou o apoio do PTB, partido do atual prefeito de Belém, Duciomar Costa.

Depois deste apoio, o governo de Ana Júlia passou a ser acusado por seus adversários políticos de apoiar a privatização da companhia estatal. A governadora, entretanto, já desmentiu a acusação.

    Leia tudo sobre: eleições paana júlia paprivatizaçãopsdb pajatene pa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG