Amazonas no governo Dilma

Entre os cotados, o senador eleito Eduardo Braga se reúne hoje com líderes do PMDB em Brasília

Eduardo Asfora, iG Amazonas |

Depois do término das eleições e a vitória de Dilma Rousseff (PT) à Presidência da República, a onda de especulações começa em todo o Brasil, para ver quem serão as novas caras do governo de Dilma. No estado do Amazonas, onde Dilma teve mais de 80% dos votos, não é diferente. O senador eleito e ex-governador Eduardo Braga (PMDB), cotado para assumir um dos ministérios, viajou hoje para Brasília.

Na capital do poder, Braga se encontrará nesta quarta-feira com os líderes do partido, o vice-presidente eleito Michel Temer e o presidente do Senado, José Sarney. No encontro – cujo local e hora não foram revelados – devem discutir estratégias do PMDB para tentar ocupar o maior número de postos possíveis no novo ministério.

Articulações

Braga também agendou para a próxima semana, uma reunião à presidenta eleita Dilma Rousseff. O Amazonas deu votação de 80,5% de maioria para a petista. O Estado ainda conta com outros fortes nomes para estar na Esplanada dos Ministérios em 2011. O senador e ex-ministro dos transportes Alfredo Nascimento (PR) é um deles.

Nascimento é considerado nos meios políticos a pessoa mais forte do PR e pode ocupar novamente um Ministério. Braga foi ministro do governo Lula por duas vezes. A primeira entre 2003 e 2006 e a segunda no período de 2007 a março de 2010, quando saiu para disputar o Governo do Amazonas, sendo derrotado por Omar Aziz (PMN).

A deputada federal e senadora eleita, Vanessa Graziottin (PCdoB) corre por fora para ganhar uma vaga no Governo de Dilma. Ela derrotou nas urnas o senador Artur Virgilio Neto (PSDB), líder do partido no Senado e considerado um dos críticos mais ferrenhos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    Leia tudo sobre: eleições ameduardo braga amvanessa amaziz am

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG