O senador do Paraná viajou às pressas para São Paulo. Depois de conversar com Sérgio Guerra, seguiu para Cuiabá

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) esteve em São Paulo e deverá ser anunciado o candidato a vice-presidente na chapa de José Serra (PSDB) nas próximas horas, segundo o iG apurou com fontes próximas ao senador.

Dias já deixou a capital paulista rumo a Cuiabá (MT), onde participará da convenção estadual do PSDB. No Mato Grosso, o candidato ao governo é o ex-prefeito Wilson Santos.

No entanto, o DEM, partido que reivindica a vaga, ainda tenta reverter o anúncio. O líder do DEM no Senado, José Agripino (RN), afirmou ao iG que o vice de Serra ainda não foi definido. "Não acredite nisso. Não fizeram nenhum comunicado para a gente", disse.

Se Alvaro for anunciado vice, abre-se o caminho para seu irmão, o senador Osmar Dias (PDT-PR), fazer uma aliança com Beto Richa (PSDB) no Paraná. Nos últimos dias, Dias vinha negociado com PT e PMDB para disputar o governo do Estado contra Richa.

Na quarta-feira, Alvaro já esperava ser anunciado vice. Ele ficou irritado com as declarações de que o PSDB preferia uma vice mulher. O DEM indicou o nome de Valéria Pires, ex-vice-governadora do Pará, e vetou o de Patrícia Amorim (PSDB), vereadora carioca e presidente do Flamengo.

Na manhã desta sexta-feira, o presidente do PTB, Roberto Jefferson (RJ), escreveu no Twitter que Alvaro Dias seria o vice. O presidente do PSDB, Sérgio Guerra, também postou no microblog sem desmentir ou confirmar o nome do senador tucano. Apenas disse que o partido estava fazendo consultas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.