Aliado diz que Gaguim ¿comprou colégio eleitoral¿

Para Valtênis Lino, presidente da Associação Tocantinense de Municípios, a ¿compra¿ beneficia Junior Coimbra

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

O presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) Valtênis Lino (PMDB) denunciou hoje que lideranças políticas da base aliada do governador Carlos Gaguim (PMDB), candidato à reeleição, estariam tentando “tirar a eleição" do deputado federal Osvaldo Reis, presidente regional do PMDB. “O Gaguim vem enganando o deputado Osvaldo Reis," afirmou.

"Ele (Gaguim) comprou todos os colégios eleitorais do deputado Osvaldo Reis para o Júnior Coimbra (PMDB) e o Lázaro Botelho (PP)”, reclamou o presidente da ATM, ao lembrar que Reis deixou de seguir Siqueira para acompanhar Gaguim. Valtênis é do mesmo partido de Gaguim, mas apóia Siqueira. Reis entrou em rota de colisão com Gaguim antes do início da campanha eleitoral.

Naquela oportunidade, Reis afirmou que apoiaria o tucano Siqueira. Desta forma, as mudanças de lado político continuam no Tocantins. Na tarde de hoje quem também sofreu baixa foi Siqueira: o deputado estadual e candidato à reeleição, pastor Pedro Lima (PR), anunciou que mudou de lado: está com Gaguim por uma exigência da Igreja Universal do Reino de Deus, à qual pertence.

    Leia tudo sobre: eleições tovaltênisgaguimcompra de votostocantins

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG