Alencar defende palanque único em Minas Gerais

O vice-presidente da República, José Alencar, defendeu hoje que o PT e o PMDB tenham um palanque único em Minas Gerais

Agência Estado |

O vice-presidente da República, José Alencar, defendeu hoje que o PT e o PMDB tenham um palanque único em Minas Gerais. O ex-ministro das Comunicações Hélio Costa, do PMDB, quer ser o candidato ao governo de Minas com o apoio petista, mas o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel pleiteia a mesma vaga. Pelo PSDB, deve concorrer o atual governador, Antônio Anastasia.

Segundo Alencar, ainda não há um candidato único em Minas Gerais. Ele disse que está sendo feito um estudo para ver de que forma é possível trabalhar a eleição com um único palanque. "É preciso que haja entendimento entre PT e PMDB para que haja um único palanque. Isso está sendo objeto de tratativas todo tempo, com todo carinho e cuidado", disse o vice-presidente, que também elogiou os três pré-candidatos que, segundo ele, "são muito bons" e estarão "representando bem os mineiros".

José Alencar, que esteve hoje no Senado para ser homenageado com o prêmio José Ermínio de Moraes, afirmou acreditar que o Brasil sairá vitorioso da Copa do Mundo. "Vocês querem saber se a seleção vai ser hexacampeã? Acho que vai." Sobre a escalação feita pelo técnico Dunga, Alencar disse que não conhece todos os jogadores, porque muitos jogam fora do País. "Mas os que entendem, falam que o time está muito bom."

    Leia tudo sobre: josé alencarhélio costaanastasiapimentel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG