Alckmin e Mercadante acham que se saíram bem no debate

Para o tucano, as críticas são normais para quem está na frente; para o petista, foi o melhor momento da campanha

Piero Locatelli e Alessandra Oggioni, iG São Paulo |

Os dois principais concorrentes ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) e Aloizio Mercadante (PT), deixaram o estúdio da Band, depois do primeiro encontro entre os candidatos a governador na televisão, afirmando que se saíram bem no debate.

O candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, disse que o debate foi bom e com bastante controvérsia. O tucano afirmou achar normal, as críticas dos opositores. “Para quem está na frente, para quem é governo, é natural que isso ocorra. Debater com três contra um é difícil, mas, é três contra um, e o povo contra os três”.

Sobre as críticas ao sistema penitenciário e à segurança pública em São Paulo, Alckmin disse ser um conjunto de informações totalmente equivocadas. “O PT fala mal do sistema penitenciário de São Paulo, mas, quando eles precisaram de lugar para o Fernandinho Beira Mar, vieram pedir para São Paulo, para ele ficar aqui, porque só São Paulo tinha penitenciária de segurança máxima.”

O candidato do PT, Aloizio Mercadante, falou que o debate foi o melhor momento da campanha “Começou a virada do jogo”. Mercadante ironizou a saúde de correligionários tucanos durante o debate. “Quando o time joga mal, a torcida começa a sair, e a torcida deles, do PSDB começou a abandonar a arquibancada na hora que começou a engrossar o debate”.

O candidato Celso Russomano (PP) reclamou do resultado do debate. “O debate foi morno por causa das rerstrições criadas pelas assessorias dos candidatos. Eu queria um debate mais quente.”

Fabio Feldmann (PV) também reclamou do formato do debate. “Foi muito difícil se destacar por causa da polarização entre os dois

O candidato Paulo Skaf (PSB) acredita que o debate pode ajudá-lo no resultado das eleições. “O debate é uma novidade para o eleitor fugir dos mesmos partidos e propostas, esperamos uma reação forte e vamo0s para o segundo turno.

Paulo Búfalo (PSOL) também se mostrou contente com a exposição na televisão. “Hoje nós cumprimos a tarefa de mostrar o nosso projeto e apontar as nossas diferenças dos outros candidatos.”

    Leia tudo sobre: Eleições SPdebateband

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG