Alckmin: arrecadação de Serra será maior que a minha

Candidato ao governo de SP arrecadou R$ 5 milhões no primeiro mês de campanha; presidenciável conseguiu R$ 3,7 milhões

Piero Locatelli, iG São Paulo |

O candidato tucano ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, minimizou hoje o fato de ele ter arrecadado, até este momento, mais dinheiro para a campanha estadual do que o candidato à Presidência, José Serra , recebeu em todo o país.

Agência Estado
Alckmin em campanha em SP
"O Serra vai, obviamente, ter uma arrecadação maior do que a minha até o final da campanha. Até porque o orçamento é maior. É óbvio isso”, disse o candidato, após almoço com a Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil, na capital paulista. “Ele efetivamente se fortalece depois do dia 17, quando começa a propaganda na televisão”.

Alckmin declarou ter recebido R$ 5 milhões para a sua campanha até o momento. Já a campanha de Serra diz ter recebido R$ 3,7 milhões – R$1,3 milhão a menos do que o recebido por Alckmin.

O candidato ao governo do Estado disse que a capacidade de Serra arrecadar verba para a campanha não foi afetada pelos resultados das pesquisas eleitorais.

Alckmin evita falar sobre a TV Cultura

Geraldo Alckmin não quis dizer se apoia uma reforma com possíveis demissões na TV Cultura, mantida pela Fundação Padre Anchieta. Ele também não quis dizer se manterá João Sayad no controle da Fundação.

“Esse é um tema de governo que ele (Sayad) já explicou”, disse Alckmin, ao ser questionado se era favorável às mudanças da emissora.

O candidato também falou que “não se pode fazer televisão para ninguém” e defendeu a gestão tucana à frente da emissora, dizendo que ela “sempre teve recursos”. "Nós vamos privilegiar a TV Cultura como sempre fizemos. Qualidade e audiência não são incompatíveis. As duas coisas são complementares”, disse o tucano.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG