Maceió e Aracajú foram as duas capitais em que Serra recebeu mais votos que Dilma

A campanha tucana ganhará reforço nesta terça-feira (19) em Alagoas. O deputado federal Indio da Costa (DEM), candidato a vice-presidente da República na chapa encabeçada por José Serra (PSDB), chega a Maceió para pedir votos para Teotônio Vilela Filho (PSDB), que tenta a reeleição no Estado. Já presidente regional do PT em Alagoas, Joaquim Brito, afirmou que o presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) sinalizou que deve participar da campanha de Ronaldo Lessa na próxima semana com a realização de um comício em Maceió. Na capital alagoana, José Serra obteve mais votos que a ex-ministra Dilma Rousseff.

Os dois candidatos que estão nesse 2º turno foram buscar longe os apoios que acreditam poder fortalecê-los nesta reta final. Maceió foi uma das duas capitais nordestinas – a outra foi Aracaju - em que José Serra obteve mais votos que a ex-ministra Dilma Rousseff . Ele contabilizou 179.137 votos, contra 132.870 da petista. E a estada de Indio da Costa também poderá ser considerada um ‘recado’ a Teotonio Vilela, que não tem pedido votos para Serra em seu guia eleitoral e costuma divulgar sua boa relação de amizade com o presidente Lula.

1º turno
Antes do início oficial da campanha, a candidata verde Marina Silva e o tucano José Serra estiveram em Alagoas. Mesmo com dois palanques no Estado de Ronaldo Lessa, candidato oficial da ex-ministra, de Fernando Collor de Mello (PTB), Dilma Rousseff (PT) não passou por Alagoas. Da coligação de Dilma, quem participou da campanha de Lessa no 1º turno foi o candidato a vice-governador na chapa da ex-ministra. No dia 26 de setembro, o deputado federal Michel Temer (PMDB) fez na orla de Maceió ao lado do pedetista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.