Aécio vê 'chama de esperança' em 2° turno para Serra

Tucano participou neste sábado de última atividade de campanha ao lado de Antonio Anastasia (PSDB) e Itamar Franco (PPS)

Adriano Ceolin, enviado a Belo Horizonte |

nullO ex-governador de Minas Gerais e candidato ao Senado Aécio Neves (PSDB) afirmou neste sábado que há “uma chama de esperança” sobre a possibilidade de José Serra , candidato tucano à Presidência da República, disputar o segundo turno contra a favorita Dilma Rousseff (PT).

“Eu acho que nós temos de ter essa esperança, há uma onda que vem encurtando essa diferença entre a candidata Dilma e os outros candidatos”, disse Aécio. “Vemos uma chama de esperarança (...) É um crescimento que vem ocorrendo. Há 30 dias era mais difícil. É uma chama de esperança. Falo com muita realidade, mas ela existe”, completou.

A reportagem do iG conversou com o tucano antes da sua última atividade de campanha antes da eleição deste domingo. Se for confirmado o segundo, Aécio avalia que o PV, da candidata Marina Silva , precisa ser procurado neste domingo mesmo. Em Minas Gerais, ele mantém boa relação com o partido.

"Tenho respeito pela Marina e pelo PV. Eu vejo uma identidade grande entre a nossa proposta e a proposta do PV. E se nós formos para o segundo turno, amanhã mesmo, no domingo mesmo, nós temos de conversar com o PV”, disse Aécio, que deve vencer com folga a disputa pelo Senado.

O ex-governador mineiro é comedido ao falar sobre a possibilidade de vir a se tornar presidente nacional do PSDB a partir do ano que vem. “Vamos esperar o resultado da eleição”, disse. Atual dono do cargo, o senador Sérgio Guerra afirmou que aceita ceder o cargo para Aécio “na hora que ele quiser”.

Itamar e Anastasia

Além de conseguir se eleger com folga, Aécio vai ajudar a eleger Itamar Franco (PPS), ex-presidente da República (1992-1994) e ex-governador de Minas Gerais (1999-2002). Seu principal objetivo, no entanto, é garantir a vitória de Antonio Anastasia, atual governador, no primeiro turno.

Numa estratégia similar a que adotou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a candidata Dilma Rousseff (PT), Aécio transformou um técnico em político. A única diferença é que Anastasia disputou a eleição de 2006 como vice de Aécio. Dilma, porém, concorre a um cargo público pela primeira vez.

Pedido de voto em Serra

Nas ruas, a campanha de Aécio e de seus aliados não faz oposição ao governo Lula. Ao mesmo tempo, é comedida ao pedir votos para Serra. Praticamente não há imagens com o rosto do candidato a presidente tucano e de Aécio juntos. Contudo, na cola distribuída aos eleitores nesta reta final, há a recomendação de voto em Serra.

Aécio contou que conversou com Serra na noite de ontem. “Ele está otimista. Me pareceu calmo, sereno”, disse ao iG , no final da carreata deste sábado que percorreu o bairro de Venda Nova, em Belo Horizonte.

    Leia tudo sobre: pleito 2010eleições serraeleições mgaécioitamar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG