Aécio, Itamar e Pimentel não comparecem ao debate da TV

Embora tivessem confirmado sua presença, principais postulantes ao Senado de Minas cancelam participação no evento

Eduardo Ferrari, iG Minas Gerais |

Ainda não foi dessa vez que o ex-governador Aécio Neves (PSDB), candidato ao Senado, debutou em debates de TV e rádio. A diferença é que nas eleições de 2002 e 2006, quando disputou e venceu a disputa ao governo de Minas, Aécio nunca confirmou sua presença nos debates, e desta vez até uma hora antes do início da transmissão sua presença estava confirmada.

A decisão foi comunicada por meio de uma carta onde “agradecia o convite” e informava que por “decisão do conselho político” de sua coligação, o candidato optava por não participar. Anteriormente, até à tarde de quinta-feira (02), a própria assessoria de imprensa da coligação de Aécio havia confirmado à reportagem do iG que o candidato iria participar. O "conselho político", segundo a carta, é formado por todos os presidentes estaduais dos partidos que formam a coligação Somos Minas Gerais.

Além de Aécio, o ex-presidente Itamar Franco (PPS), companheiro de chapa do tucano, também enviou a mesma carta padrão para justificar sua falta ao debate. A surpresa ficou por conta de Fernando Pimentel (PT), candidato ao Senado na coligação dos ex-ministros Hélio Costa (PMDB) e Patrus Ananias (PT), que concorrem ao governo de Minas, que não apresentou qualquer justificativa oficial pela ausência. Sua participação também estava confirmada até a tarde do dia do debate.

Aécio, Itamar e Pimentel lideram as pesquisas de intenção de votos. Segundo a pesquisa Ibope/Estado/Globo, divulgada em 28 de agosto, Aécio tem 68%, Itamar tem 43% e Pimentel, 21%. A presença o petista era considerada como uma boa oportunidade para mudar o rumo da eleição. Com Aécio disparada na disputa, restava ao petista focar sua munição contra o ex-presidente.

Debate fica morno sem principais postulantes

Sem a presença dos principais postulantes, o debate foi marcado por cenas inusitadas. Além das três cadeiras vazias, os demais candidatos ao Senado - Zito Vieira (PC do B), Marilda Ribeiro (PSOL), Mineirinho (PSOL) e Miguel Martini (PHS) - fizeram perguntas no ar para Aécio, Itamar e Pimentel. Como não estavam presentes, restava o monólogo do próprio questionador. Enquanto isso, a cada internvalo para o comercial, os “faltosos” apareciam nas inserções de sua coligações.

O candidato na mesma coligação de Fernando Pimentel, Zito Vieira (PCdoB), que havia criticado publicamente o companheiro de chapa por incentivar o “pimentécio” afirmando que era um “erro eleitoral”, chegou a ser questionado pelos candidatos o motivo da ausência do petista. Dessa vez, Zito evitou críticas e disse apenas que Pimentel não comparecera por motivos de saúde, mas não deu mais detalhes.

Na quinta-feira (09) acontece um novo debate, dessa vez entre os candidatos ao governo de Minas. Por hora, Hélio Costa e Antônio Anastasia, que dividem a preferência do eleitor, segundo as últimas pesquisas de intenção de votos  – pesquisa Ibope/Estado/Globo, divulgada em 28 de agosto, põe o tucano com 35% contra 33% do peemedebista –, têm suas presenças confirmadas. Até o debate, duas novas pesquisas devem ser divulgadas. Resta saber se, caso um dos candidatos abra um frente maior, haverá o comparecimento ou não dos postulantes.

    Leia tudo sobre: Eleição MG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG