Aécio critica desempenho das pesquisas na reta final da campanha

Tucano recém-eleito senador diz que, fora do calor eleitoral, institutos de pesquisa devem explicações ao brasileiros

Eduardo Ferrari, iG Minas Gerais |

Divulgação
Aécio e Anastasia fazem campanha por Serra na Grande BH
O senador eleito Aécio Neves (PSDB) prossegue representando o candidato à Presidência José Serra em eventos públicos pedindo voto para a chapa tucana. Depois de percorrer vários estados, Aécio retornou nesta quarta-feira (27) à região metropolitana de Belo Horizonte onde, juntamente com o governador reeleito Antônio Anastasia (PSDB), fez carreatas nas cidades de Santa Luzia, Ribeirão das Neves e Ibirité, e pelos bairros de Venda Nova e Barreiro, na capital. O ex-presidente e senador eleito Itamar Franco (PPS), que também tinha participação prevista, não compareceu.

A região metropolitana de Belo Horizonte é maior colégio eleitoral do estado, com 4,5 milhões de eleitores, quase 30% dos 14,5 milhões de votantes de Minas. No primeiro turno, o tucano ficou em terceiro lugar na Grande BH, com 25,4% dos votos, atrás de Dilma Rousseff (PT), que teve 40,24% dos votos, e Marina Silva (PV), com 33,10 %.

À imprensa, o tucano não poupou críticas às pesquisas de intenção de votos divulgadas recentemente e que indicam que a diferença entre o candidato José Serra e sua adversária, a candidata petista Dilma Rousseff, aumentou.

Para Aécio, “os institutos de pesquisa fora do calor eleitoral devem algumas explicações aos brasileiros”. “As pesquisas nessas eleições erraram muito. Vi a divulgação de um novo Datafolha, que eu respeito, mas que em Minas Gerais errou. Durante toda a campanha veio dando uma defasagem muito grande do governador Anastasia em relação ao nosso adversário em torno de 20 pontos percentuais. Se dependesse do Datafolha, não teríamos ganhado a eleição em Minas Gerais. Então, é hora de preocuparmos mais com nosso trabalho, com a apresentação das nossas propostas do que com análise de institutos de pesquisa”, declarou.

Anastasia falou da importância de Minas para virada de Serra

Já Anastasia lembrou o esforço que os tucanos e apoiadores mineiros têm feito para pedir voto ao candidato José Serra. “O objetivo é levar a mensagem de José Serra e as nossas lideranças tem se mobilizado a favor dele. Temos feito isso pelo estado todo para agradecer a vitória muito expressiva nos deram, juntamente com Aécio e Itamar, e mostrar as propostas do nosso candidato à Presidência”, afirmou.

O governador reeleito também lembrou a importância de Minas para que Serra consiga uma virada nessas eleições; “Minas tem o segundo maior eleitorado do Brasil, um peso político muito importante, e estamos trabalhando firmes para José Serra ganhar a eleição em Minas, e que isso colabore para a sua vitória no Brasil”, concluiu.

    Leia tudo sobre: Eleições MGPleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG