Adesão a Dilma provoca racha na União dos Vereadores do Ceará

Vice-presidente renunciou ao cargo e declarou em nota que ¿não aceita o uso da União para fins eleitorais¿

Lauriberto Braga, iG Ceará |

A adesão da União dos Vereadores do Ceará (UVC) à campanha de Dilma Rousseff (PT) no segundo turno provocou um racha na entidade. A decisão do presidente da UVC, vereador Deuzinho Filho (PMN), de trocar o apoio dado a José Serra (PSDB) no primeiro turno para a petista irritou o vice-presidente vereador Marcelo Mendes (PTC). Marcelo Mendes renunciou hoje ao cargo, no mesmo dia que a UVC anuncia oficialmente apoio a Dilma. Em nota, Marcelo Mendes diz que não aceita o uso da União para fins eleitorais e que lamenta o uso da entidade para apoiar uma candidatura presidencial.

"Erra o presidente Deuzinho ao envolver a UVC em campanha eleitoral. A instituição é maior que isso e não foi criada para apoiar partido ou candidato A ou B. A 48 horas da eleição, convocar uma reunião com todos os vereadores do Ceará sob a alegação de que é uma reunião de trabalho e para tratar de assuntos da classe é fazer pouco da inteligência dos associados, dos eleitores e do público em geral. Clara e obviamente a reunião é meramente eleitoral, sequer política o é", diz a nota divulgada por Mendes.

Ainda na nota, Mendes diz que é "justíssimo” que a pessoa do presidente tenha suas preferências eleitorais e que é próprio do processo democrático e natural. Porém critica o uso da instituição UVC na disputa eleitoral. “Não é justo, ético, nem correto e tenho minhas dúvidas se é legal", pontuou o ex-vice-presidente.

Entre as reclamações, Mendes aponta que não houve discussão com a classe para a decisão e que tomaria o mesmo posicionamento se o convite partisse da campanha de José Serra (PSDB).

Deuzinho Filho que comanda a adesão dos vereadores à campanha de Dilma, durante almoço hoje, no Marina Park Hotel, disse em seu twitter que respeitava a renuncia de Marcelo Mendes, mas que iria tentar demovê-lo da decisão.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG