Acusações de nepotismo dominam debate em Goiás

Iris e Marconi transformam TV num palanque eletrônico de acusações e esquecem planos de governo

Rodrigo Viana, iG Goiás |

O debate entre Marconi Perillo (PSDB) e Iris Rezende (PMDB) na TV Record se tornou palco para acusações até então inéditas na campanha ao governo de Goiás neste segundo turno. Os dois candidatos pouco falaram em seus planos de governo no debate.O momento mais tenso aconteceu quando Marconi mais uma vez afirmou que os funcionários públicos estaduais temem o retorno de Iris.

Irritado, Iris deixou de se dirigir às câmeras e, com o dedo em riste, passou a acusar Marconi de ter empregado cerca de 500 parentes no governo.Marconi passou a dizer, em todas as respostas, que Iris “estava nervoso.” O tucano continuou com as acusações: disse que Iris demitiu 50 mil servidores quando governou, promoveu o congelamento de salários e vetou os planos de carreira da categoria.

Obras inacabadas

Ambos os candidatos também passaram a se atacar quanto às condições da malha viária do estado e as obras inacabadas. Iris questionou relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que aponta mais de 200 obras inacabadas pelo tucano. Este rebateu afirmando que Iris não deu continuidade às obras de Ary Valadão, adversário à época.

Problemas no transporte público também geraram polêmica. Marconi afirmou que Iris prometeu e não resolveu os problemas quando assumiu a prefeitura de Goiânia. O peemedebista respondeu que o gargalo estava no Eixo Anhanguera, trecho de responsabilidade do Estado.

Alcides Rodrigues

O apoio do governador Alcides Rodrigues (PP) também entrou em pauta. Marconi pediu desculpas por ter indicado Alcides ao governo em 2006. O pepista rompeu com o tucano em 2007 alegando grande déficit nas contas do Estado.

“Não tenho culpa do meu sucessor [Alcides Rodrigues] não ter conseguido uma vez sequer reunir o seu secretariado. Me equivoquei em relação a ele. Ele não cumpriu seus compromissos com Goiás”.


    Leia tudo sobre: eleições goiris gomarconi godebate na tvnepotismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG