Abstenção de 21% alcança recorde de 1998

No segundo turno, 29,1 milhões de pessoas deixaram de comparecer às urnas

Severino Motta, iG Brasília |

No segundo turno das eleições presiências de 2010, 29,1 milhões de eleitores deixaram de comparecer às urnas. O número, que representa 21,5% do eleitorado só é comparável ao das eleições de 1998, quando o mesmo percentual, de 21,5%, deixou de votar.

No primeiro turno deste ano a abstenção foi um pouco mais baixa, e ficou em 18,1% do eleitorado. De acordo com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricarrdo Lewandowsky, o feriado prolongado e as condições climáticas foram os responsáveis pela abstenção.

O presidente ainda disse acreditar que eleitores de Marina Silva (PV) teriam deixado de comparecer às urnas uma vez que a então candidata não chegou ao segundo turno das eleições presidênciais.

Em 1989 a taxa de abstenção, no primeiro turno, foi de 11,9% e de 14,4% no segundo. Em 1994, que como em 1998 foi encerrada no primeiro turno, 17,8% deixaram de comparecer às urnas. Em 2002, quando Lula foi eleito, 17,7% deixaram de votar na primeira etapa das eleições e 20,5% na segunda. Em 2006 a abstençao foi de 16,7% e 18,9%.

    Leia tudo sobre: absteçãoTSE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG