João Doria assume liderança da corrida eleitoral em São Paulo, aponta Datafolha

Entretanto, se considerada margem de erro de três pontos para mais ou para menos, o tucano está tecnicamente empatado com Russomanno e Marta
Foto: Reprodução/ Facebook João Dória
João Doria (PSDB) passou à frente do candidato do PRB, Celso Russumanno, que agora possui 22% das intenções de voto

A menos de duas semanas das eleições municipais, pesquisa do Datafolha divulgada nesta quinta-feira (22) coloca o candidato João Doria (PSDB) como líder das intenções de voto para a prefeitura de São Paulo, chegando a 25% de preferência. O tucano passou à frente do candidato do PR B , deputado Celso Russumanno, que agora possui 22% – ambos aparecem empatados tecnicamente com a senadora Marta Suplicy, do PMDB (20%). A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

No levantamento anterior, Doria tinha 9% das intenções de voto, enquanto Russomanno possuía 26% de preferência do eleitorado. Marta estava com 21%.

O prefeito Fernando Haddad (PT) subiu um ponto percentual, passando de 9% para 10% das intenções de voto. Já a ex-prefeita Luiza Erundina (Psol), que estava empatada tecnicamente com o petista, caiu de 7% para 5%. 

LEIA MAIS:  Candidato à reeleição em SP, Fernando Haddad concede entrevista à TViG

Major Olímpio (Solidariedade) se manteve com 2%, enquanto Levy Fidelix (PRTB) tem 1%, mesmo percentual da última pesquisa. João Bico (PSDC) e Ricardo Young (Rede) não chegaram a 1%. Henrique Áreas (PCO) e Altino Prazeres (PSTU) não foram citados pelos entrevistados.

Os votos brancos e nulos somaram 11%. Outros 4% se declararam indecisos. No início do mês, 13% disseram que votariam em branco ou nulo e 4% não sabiam em quem votar.

LEIA MAIS: Celso Russomanno é o primeiro candidato a apresentar propostas à TViG

A pesquisa, encomendada pela "TV Globo" e pelo jornal "Folha de S.Paulo", ouviu 1.260 eleitores na capital paulista.

Segundo Turno

O Datafolha também simulou possíveis cenários para uma disputa de segundo turno. João Doria e Celso Russomanno estão empatados tecnicamente. O candidato do PRB, entretanto, tem 44% das intenções, enquanto o tucano tem 38%. Antes, a vantagem do deputado era de 24 pontos percentuais. 

O cenário entre Marta e Doria também tem empate técnico, sendo que a ex-prefeita tem a preferência de 42% dos entrevistados, enquanto o empresário tem 41% das intenções.

LEIA MAIS: João Doria explica suas propostas para São Paulo em entrevista à TViG

Numa disputa entre Marta e Russomanno, a senadora possui uma vantagem de apenas um ponto percentual, atingindo 41% das intenções de voto, contra 40% do candidato do PRB. Considerando a margem de erro, ambos estão em empate técnico. 

Rejeição

A pesquisa também apurou qual o nível de rejeição de cada candidato à Prefeitura de São Paulo. O atual prefeito, Fernando Haddad (PT), é o mais rejeitado, com 45%. Em seguida estão Levy Fidelix (30%), Marta Suplicy (29%), Luiza Erundina (27%), Celso Russumanno (27%), Major Olímpio (22%), João Bico (21%), Altino (20%), João Doria (19%), Henrique Áreas (19%) e Ricardo Young (17%). O Datafolha mostrou ainda que 1% disseram que votaria em qualquer candidato, enquanto 4% não sabem ou não responderam.

Link deste artigo: http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoes/2016-09-22/eleicoes-sao-paulo.html