Pesquisa divulgada nesta sexta-feira (9) pelo Instituto Datafolha aponta também empate técnico entre Haddad e Erundina, ambos não chegam a 10%

Candidato do PRB, deputado Celso Russomanno, caiu cinco pontos percentuais mas ainda lidera a corrida à Prefeitura de SP
Facebook/Divulgação
Candidato do PRB, deputado Celso Russomanno, caiu cinco pontos percentuais mas ainda lidera a corrida à Prefeitura de SP


Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (9) apontou novos rumos na corrida eleitoral à Prefeitura de São Paulo. Enquanto o candidato do PRB, deputado Celso Russomanno, – líder nas pesquisas anteriores – caiu cinco pontos (de 31% para 26%), Marta Suplicy (PMDB) cresceu cinco (21%). Já João Doria, do PSDB, avançou 11 pontos percentuais, chegando a 16% das intenções de votos. 

LEIA MAIS:  Justiça Eleitoral diz à PF que Dilma e Temer respondem por contas investigadas

O prefeito Fernando Haddad (PT) passou de 8% para 9%, mantendo o empate técnico com Luiza Erundina (Psol), que tinha 10% e agora está com 7%. 

Major Olímpio (Solidariedade) se manteve com 2% enquanto Levy Fidelix (PRTB) e João Bico (PSDC) registraram 1% cada. Ricardo Young (Rede Sustentabilidade), Henrique Áreas (PCO) e Altino (PSTU) não chegaram a atingir 1% das intenções de voto. 

LEIA MAIS:  Justiça proíbe propaganda de Doria que satiriza anúncios do posto Ipiranga

Os votos brancos e nulos somaram 13% e 4% dos entrevistados não opinaram. Em agosto, 17% disseram que votariam em branco ou nulo e 7% não opinaram.

A pesquisa, encomendada pela "Tv Globo" e pelo jornal "Folha de S.Paulo" ouviu 1.092 eleitores na capital paulista no dia 8 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais e para menos.

Segundo Turno

O Datafolha também simulou possíveis cenários para uma disputa em segundo turno. O líder nas pesquisas, Celso Russomanno, superaria a peemedebista Marta Suplicy, com 45% dos votos, enquanto a rival atingiria 38%. 

Já contra o tucano João Doria, Russomanno teria vitória ainda mais expressiva: 52% a 28% para o candidato do PRB, que também bateria Luiza Erundina no segundo turno (56% a 27%). 

Contra o atual prefeito da cidade, o líder nas pesquisas venceria com 56% dos votos contra 25% de Fernando Haddad. O petista também perderia para João Doria: 45% a 30% para o tucano. 

LEIA MAIS:  Russomanno lidera pesquisa em São Paulo e venceria no 2º turno, diz pesquisa

Numa disputa entre Marta Suplicy e João Doria, a senadora venceria com 48% dos votos contra 38% do empresário. 

A candidata do Psol, Luiza Erundina, venceria em uma disputa no segundo turno Fernando Haddad (44% a 28%), João Doria (39% a 38%), e perderia para Marta Suplicy (50% a 27%). 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.