Candidato ao governo do estado de São Paulo pelo PMDB lembra que começou na política ao lado do presidenciável

Paulo Skaf, que concorre ao governo de São Paulo pelo PMDB, divulgou uma nota de pesar pela morte de Eduardo Campos em um acidente aéreo em Santos, litoral paulista, nesta quarta-feira (13). O candidato afirmou que perdeu um amigo e ainda lembrou que o presidenciável foi um dos incentivadores para a sua entrada na política. 

O empresário também disse se solidarizar com familiares de Campos e com o povo de Pernambuco, estado que foi governado pelo político. 

Eduardo Campos era candidato à Presidência pelo PSB e estava em um avião que caiu na manhã desta quarta-feira em Santos, no litoral de São Paulo. Ele havia saído do Rio de Janeiro e iria pousar na base aérea do Guarujá. 


Veja a íntegra da nota:

O Brasil perdeu hoje um grande estadista, um homem público da maior qualidade, que exerceu a política com competência, honestidade e dedicação.

Eu perdi um amigo, com quem tive a honra de conviver. Eduardo Campos foi um dos incentivadores de meu ingresso na política​.

Há cinco anos, iniciei minha trajetória política em seu partido, o PSB.​

Quero me solidarizar com sua​ fam​ília​ e ​seus ​amigos. Quero me solidarizar também com o povo de Pernambuco pela perda de seu grande líder.

​Paulo Skaf

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.