Sem PT no 2º turno, João da Costa declara que faria campanha ao adversário

João da Costa (PT), que teve a candidatura vetada, disse discordar da escolha do partido por Humberto Costa e da forma como a campanha foi conduzida no Recife

Gabriela Bezerra - de Recife, especial para o iG | - Atualizada às

O prefeito do Recife, João da Costa (PT), chegou ao seu local de votação às 11h, no bairro de Casa Forte, na capital permambucana, sem sua tradicional camisa vermelha. Questionado sobre seu posicionamento em um eventual cenário de segundo turno sem o PT, o atual prefeito afirmou que "não só votaria em Geraldo Julio (PSB) como vou para as ruas fazer campanha também".

Candidatos:  Ao lado de familiares, Geraldo Julio e Humberto Costa votam no Recife

Gabriela Bezerra
Prefeito João da Costa votou ao lado de partidários neste domingo, no Recife

Mesmo após ter sido impedido pelo partido de disputar à reeleição , Costa declarou o seu voto a favor de Humberto Costa (PT) neste domingo. “Mesmo discordando do processo de escolha da candidatura do PT e da forma como a campanha foi conduzida, fui fiel ao partido que sou militante há 30 anos. Então, mesmo contra a vontade de Humberto, eu votei 13”, afirmou.

Eleição no Recife:

Eduardo Campos acredita em vitória do PSB no primeiro turno no Recife
Candidatos tomam café da manhã com partidários no Recife
'Primeira eleitora' do Recife diz votar por obrigação

Ao comentar a fala do prefeito, o candidato Humberto Costa afirmou que o possível posicionamento de João da Costa no segundo turno não é novidade. “Ele (João da Costa) nunca apoiou a candidatura do PT”, comentou o petista antes de votar.

Acompanhe o voto dos candidatos pelo País


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG