Pais e acompanhantes ouvem jogo do Corinthians durante a Fuvest

Maioria torce contra o time paulista, que pode ser campeão antecipado neste domingo. Provas acabam às 18h

Cinthia Rodrigues, iG São Paulo |

Para os pais que aguardavam os filhos durante a Fuvest neste domingo, o principal programa foi ouvir o jogo do Corinthians. O time paulista pode ser campeão antecipado nesta rodada do campeonato do Brasileiro. Diversos carros estacionados em frente à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) na Cidade Universitária estavam com rádios sintonizados na partida. Embora mais para torcer contra do que a favor.

Veja também: Caderno de prova e gabaritos da Fuvest 2012

Como é o caso de Beatriz Silva, torcedora do Fluminense que esperava com o marido e a caçula Maria Clara, de 9 anos, a filha mais velha são-paulina Maria Alice Gregório da Silva, treinera na Fuvest. “Estou ouvindo o jogo do Corinthians, porque o do Fluminense não está sendo transmitido. Mas na verdade os dois resultados hoje importam”, comentou Beatriz.

A auxiliar de enfermagem, Dora Freitas, de 50 anos, aproveitou que a filha ia prestar vestibular e fez também. Como não estudava há bastante tempo, teve que chutar várias questões e saiu cedo da prova. Assim como os demais pais, foi para o carro ouvir o jogo. “Eu nem tenho time, mas normalmente torço contra o Corinthians”, diz.

A são-paulina Sandra Reina tinha duas filhas prestando o vestibular da USP hoje, ambas torcedoras do mesmo time da mãe. Isabela Trevisan, que já cursa Direito, mas resolveu se dar uma segunda chance na Fuvest saiu cedo e ouvia ao jogo ao lado da mãe, enquanto aguardavam a irmã mais velha, Gabriela, que tenta pela segunda vez uma vaga em Medicina. “Eu ainda me importo mais é com o São Paulo, que briga por uma vaga no G4, mas estou ouvindo o jogo do Corinthians”, conta a mãe.

Amana Salles/Fotoarena
A família corintiana Pasqualin: Claudio, a mulher Luciana, e as filhas Julia, vestibulanda, e Sofia. Candidata fez a prova correndo para ouvir o jogo

Claudio Pasqualin foi com camiseta do Corinthians esperar a filha Julia na porta. Sua mulher, Luciana, queria ficar no carro ouvindo o jogo. “Nem sei quem é mais fanático lá em casa”, diz ele. Quem a tirou do carro foi a filha mais nova, Sofia, de 9 anos, não porque se importa menos com o time, pelo contrário: “Eu fico muito aflita de ouvir”. A treineira Julia contou que fez a prova rapidinho para acompanhar a rodada. “Sabia que tinha que sair rápido”, afirmou.

O corintiano Roberto Andrade espera a filha no carro também ouvindo o jogo, mas espera que ela não se importe com isto. “Hoje o mais importante é o vestibular.”

Veja as fotos da primeira fase da Fuvest 2012 :

    Leia tudo sobre: Fuvest 2012USPvestibular

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG