Estudantes comemoram fim de vestibulares com espumante

Ao final da última prova da Unicamp, grupo de amigos festeja término de maratona de provas e o começo das férias

Marina Morena Costa, iG São Paulo |

“Feliz 2012! O ano está começando agora”, diz Igor de Arantes Oliveira Goes, de 19 anos, com um copo plástico com espumante na mão. Com um grupo de seis amigos do cursinho, ele comemora o fim da maratona de vestibulares, após a última prova da segunda fase da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que realizou na Unip Paraíso.

Amana Salles/Fotoarena
Estudantes estouram espumante para comemorar fim da temporada de vestibulares


Na tentativa de conseguir uma vaga em Medicina , Igor prestou 16 vestibulares, de instituições públicas e particulares de quatro Estados diferentes. “Tem que atirar para todos os lados e torcer para passar em uma faculdade boa. Agora vou curtir as férias e, se não passar em nenhuma, será mais um ano de estudos”, conta o vestibulando que se mudou de Santa Vitória (MG) para estudar em São Paulo.

Amana Salles/Fotoarena
Amigos fazem brinde e comemoram a chegada das férias após provas
A garrafa foi trazida na mochila do colega Arthur Oliveira, de 18 anos, vestibulando de Engenharia Mecânica . “Prestei oito vestibulares e finalmente estou de férias. Passei um ano estudando sem parar. Só não estou mais feliz, porque a prova hoje estava difícil e o tempo foi insuficiente”, relata. Nesta terça-feira, a Unicamp aplicou uma prova com 24 questões dissertativas de Ciências da Natureza, que foi considerada difícil por parte dos candidatos.

Mariana Guimarães, 20 anos, encerra hoje uma sequência de 15 vestibulares. “Estou bem mais tranquila agora, vou aproveitar, quero ir para a praia”, diz a vestibulanda que há três anos tenta ingressar em uma faculdade de Medicina.

A maratona de Patrícia Spengler, 19 anos, foi menor, mas nem por isso menos cansativa. Ela prestou cinco vestibulares na tentativa de ser aprovada em Engenharia Civil , um dos cursos mais concorridos deste ano em São Paulo. “Quando comecei a prestar vestibular, ninguém queria esse curso. Agora está superconcorrido. TEstou aliviada porque acho que fui bem e quero dormir para recuperar o sono atrasado.”

Nem a chuva, nem a champagne quente, que ficou cinco horas na mochila de Arthur, diminuíram a animação do grupo. Assim como para muitos vestibulandos, o ano só começou agora.

    Leia tudo sobre: unicampsegunda fasemaratona de vestibulares

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG