Esquema foi descoberto quando fiscal desconfiado puxou peruca de candidato que escondia ponto eletrônico

Agência Estado

A desconfiança de um fiscal durante as provas levou à descoberta de um esquema para fraudar o vestibular de medicina, neste sábado (6), no Centro Universitário de Araraquara (Uniara). Doze estudantes foram parar na delegacia e estão prestando depoimento. Um deles, que usava peruca, levantou suspeitas do fiscal que acabou puxando seu cabelo e descobrindo o ponto eletrônico no ouvido.

Os estudantes detidos, sete homens e cinco mulheres, são dos estados de São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Maranhão, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro e Tocantins. Eles responderão por fraude e deverão ser liberados após o pagamento de fiança no valor de R$ 1.500. Eles estariam recebendo as respostas de pessoas que estavam do lado de fora na faculdade e que conseguiram fugir.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.