Unesp termina com abstenção recorde de 10,5%

Candidatos realizaram prova discursiva de Linguagens e Códigos e uma redação nesta segunda-feira

iG São Paulo |

No último dia do vestibular da Unesp 2013 compareceram 40.851 candidatos e faltaram 4.787 dos que foram convocados para a segunda fase da disputa. O contingente representa uma abstenção de 10,5%, um recorde nos últimos quatro anos. No último vestibular, 9,8% dos classificados não realizaram a segunda fase. As taxas anteriores de abstenção haviam sido de 7,9% e 8,9%.

O processo seletivo que escolhe alunos para 7.014 vagas de 165 cursos, espalhados por 23 cidades do Estado de São Paulo, terminou nesta segunda-feira com 12 questões de Linguagens e Códigos e uma redação.

Na primeira etapa do vestibular, realizada em 18 de novembro, o índice de abstenção havia sido de 8,7% dos 94.350 candidatos inscritos.

Primeiro dia

No domingo, os candidatos responderam 24 questões discursivas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza e Matemática. Segundo professores de cursinhos, a prova teve nível de dificuldade entre fácil e médio. Isso pode complicar a seleção de alunos para os cursos mais concorridos, sobretudo Medicina, que teve relação de 185,3 candidatos por vaga na primeira fase .

Os especialistas acreditam que farão diferença a habilidade de redação dos estudantes e como eles se saíram nas questões de filosofia. "A matéria ainda está se consolidando no ensino médio. O candidato precisava dominar os tópicos da disciplina, não bastava só interpretar os textos", diz o coordenador-geral do Etapa, Edmilson Motta.

Para o coordenador do Anglo Tamandaré Thales Trigo, a seleção talvez fique por conta de detalhes ou da redação. "A gente não acha que essa seja uma postura muito apropriada para a Unesp", afirma.

O resultado final do vestibular deve ser divulgado em 28 de janeiro.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: Unespvestibular 2013

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG