Primeira fase da Fuvest é considerada difícil por candidatos

Estudantes que realizaram a prova no prédio da FEA, na Cidade Universitária, avaliaram como “puxado” o exame

André Carvalho - iG São Paulo | - Atualizada às

“Difícil como sempre.” Para os candidatos que realizaram o exame da primeira fase da Fuvest , na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA), na Cidade Universitária, em São Paulo, o nível das questões foi alto, mantendo a tradição desse vestibular, considerado pelos estudantes como um dos mais difíceis do Brasil. Veja o gabarito e a prova da Fuvest 2013 .

Leia também: 
'Veteranos', arrependidos e treineiros realizam Fuvest 2013 neste domingo
Vestibular da Fuvest 2013 tem mais de 10% de abstenção na primeira fase
Veja as imagens da primeira fase da Fuvest 2013

Futura Press
Alunos conferem as salas antes de prestar o vestibular da Fuvest no prédio da FMU, em São Paulo

Para Caíque Regonha, de 18 anos, candidato a uma vaga no curso de História, “a Fuvest é sempre difícil”. Para ele, as questões da prova deste ano eram bem objetivas, “mas sempre tinham algo importante nas entrelinhas”.

Candidato a uma vaga no curso de Direito, Mariana Lobato, de 17 anos, concorda com Caíque. “Achei bem difícil, mas não esperava outra coisa. Tudo na Fuvest é mais puxado que nos outros vestibulares”. Ela avaliou as questões de Exatas como as mais complicadas.

Para resolver as questões de Matemática, Física e Química, somente conhecendo bem as matérias. Essa é a opinião de Gabriela Lopes Abril, de 19 anos, que almeja uma vaga em Psicologia. Já com as questões de Humanas, ela tem uma visão diferente. “Tinha muita coisa de ler e interpretar”.

Sobra as questões de Geografia, a estudante também crê que as respostas estavam na análise dos dados. Com a parte de Inglês, no entanto, ela teve dificuldades. “Havia muitos termos técnicos no texto que eu não entendi”, disse.

Candidato a uma vaga em Relações Internacionais, Gustavo Lavieri, de 17 anos, achou a parte de Matemática difícil e a maioria da questões do exame longas e cansativas. No entanto, para ele, “davam para resolver bem lendo com calma e interpretando”, disse referindo-se, principalmente, às questões de Português e Biologia.

Análise mais ampla sobre a primeira fase de Fuvest fez o candidato ao curso de Educação Física Luis Felippe Santos de Moraes, de 17 anos. “Química e Matemática estavam bem elaboradas. Em Português foram bastante abordados os livros de leitura obrigatória. E Inglês exigiu bastante atenção na leitura e na interpretação”.

O vestibulando ressaltou, ainda, que “tinham muitas questões que a resposta estavam na própria pergunta, era só fazer uma leitura mais atenta que dava para responder fácil”.

    Leia tudo sobre: Fuvestvestibularfuvest 2013prova

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG