Um terço dos inscritos na Fuvest é proveniente da rede pública de ensino

Porcentagem corresponde a 53.227 candidatos, que estudaram em escolas públicas que fazem parte do Programa de Inclusão Social da USP (Inclusp)

iG São Paulo |

O vestibular 2013 da Fuvest, cuja prova da primeira fase será realizada neste domingo, 25, teve a inscrição de 159.609 candidatos, que irão disputar 11.082 vagas na USP e na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa. Desse total de inscritos, 53.227 candidatos, o que corresponde a 33%, são provenientes de escolas públicas que fazem parte do Programa de Inclusão Social da USP (Inclusp).

A cifra supera a porcentagem registrada no ano passado, quando 46.106 candidatos se inscreverem para o vestibular por meio do Inclusp, dentro de um universo de 146.892 candidatos (31% dos inscritos).

Enem: Divulgadas as médias das escolas

Dentre os 53.227 candidatos inscritos pelo Inclusp, 22.298 o fizeram por meio do Pasusp (Programa de Avaliação Seriada da USP). Existem algumas diferenças entre os dois programas, cujo objetivo é o mesmo: promover o ingresso de alunos da rede pública na universidade.

O Inclusp é destinado a alunos que realizaram o ensino médio integralmente em escolas públicas brasileiras e que declaram, no momento da inscrição da Fuvest, sua opção por participar dos benefícios do Programa. Já Pasusp é voltado a alunos que cursaram o ensino fundamental integralmente em escolas públicas e ainda estão cursando o ensino médio também na rede pública. 

Fuvest:  Medicina volta a ser o curso mais concorrido

As provas para os candidatos do Pasusp são as mesmas do exame da Fuvest, feitas juntamente com os demais candidatos, porém sem cobrança da taxa de inscrição. O Programa se estende aos alunos matriculados no 2º ano, que podem obter até 5% de bônus – que carregam para o ano seguinte, quando prestarem o vestibular - e até 10% para alunos matriculados no 3º ano. O Pasusp oferece ao estudante que participa do programa até 15% de bônus no vestibular da Fuvest, dependendo da pontuação obtida na primeira fase.

Leia mais: Fuvest divulga locais de prova da primeira fase

O Pasusp é uma das ações inclusivas do Inclusp. Além dele, há também o Programa “Embaixadores da USP”, que promove a visita de alunos e docentes da USP às escolas da rede pública, com a missão de fornecer informações e esclarecer dúvidas sobre o vestibular, as ações de inclusão social e os cursos de graduação.

Segundo a pró-reitora de Graduação, Telma Maria Tenório Zorno, a atuação destes "embaixadores" é uma das razões para o aumento no número de inscritos de candidatos egressos da rede pública de ensino.

Em 2012, 28% dos alunos matriculados na USP eram provenientes da rede pública de ensino. No ano anterior, a porcentagem era de 26%.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG