Redação é a principal preocupação de candidatos do vestibular da Unicamp 2013

Estudantes terão que fazer dois textos dissertativos em exame que acontece neste domingo

André Carvalho - iG São Paulo | - Atualizada às

Futura Press
Candidatos iniciam provas da primeira fase do vestibular da Unicamp 2013

O tema sempre inesperado preocupa, bem como o formato. Para os candidatos que prestam o vestibular da Unicamp 2013 na PUC, em São Paulo, mais que as questões de exatas ou humanas, o principal temor é a redação. Ou melhor, as duas redações.

“Tenho dificuldades em questões da área de humanas, mas o que mais estudei foi mesmo para a redação, já que são dois textos que teremos que fazer”, afirmou Vitor Nascimento, de 18 anos, que pretende estudar Biologia. O estudante fez cursinho durante o ano e contou com aulas especificas para melhorar o desempenho nas redações, cujo tema é um mistério para todos os vestibulandos.

Leia mais: Concorrência no vestibular da Unicamp bate novo recorde

“O tema ninguém sabe, a gente fica na expectativa”, disse Priscila Soares, de 20 anos, que quer estudar Medicina. “O que vai decidir é a redação”, completou. A vestibulanda também fez cursinho e concorda que as aulas específicas de redação são fundamentais. Ela se diz preparada para a prova, apesar de avaliar que a concorrência para o ingresso no curso que almeja é muito alta. Neste ano a disputa para o curso de Medicina é de 127,3 candidatos por vaga,. “É muito concorrido, mas estou bem preparada”.

Novidade: Unicamp cria quatro novos cursos e extingue dois 

Para Larissa Schmidt, de 16 anos, o tempo para fazer as redações é que preocupa. “Tenho um pouco de medo de não dar tempo, porque são duas redações para se fazer”, disse. “Mas já está melhor do que no ano passado, que eram três redações”, completou, relativizando. A jovem pretende estudar Comunicação Social habilitação em Midialogia e afirma que irá, na prova deste domingo, “por em prática o que fiz durante o ano todo”.

Concorrência: veja a disputa em todas as carreiras

Candidato ao curso de Engenharia Ambiental, Luís Fernando Querino, de 18 anos, concorda com Larissa. “Antes eram três redações, agora são duas, então está tranquilo”, garantiu. O jovem se mostrou tranquilo, bem como outra entrevistada pela reportagem do iG, Michele Ferreira Brito, de 19 anos, que pretende cursar Gestão de Políticas Públicas. Para ela, o fato de serem duas redações não é o maior problema. “Mas acho que eles podem pedir mais linhas em cada texto, já que ano no passado tinha uma redação a mais para se fazer”, disse.

Recorde
Neste ano, o Vestibular Unicamp alcançou, pelo quarto ano consecutivo, um número recorde de inscritos: 67.403 candidatos. A concorrência geral aumentou de 17,9 no vestibular passado para 19,6 nesta edição.

A prova da primeira fase neste domingo terá duas partes: a Redação, em que o candidato será solicitado a produzir dois textos de gêneros diversos, de execução obrigatória, e a parte de Conhecimentos Gerais, com 48 questões de múltipla escolha, baseadas nos conteúdos das diversas áreas do conhecimento desenvolvidas no ensino médio.

    Leia tudo sobre: Vestibularunicampunicamp2013

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG