UFPR divulga relação de locais de provas da primeira fase do Vestibular 2013

Exames serão realizados no dia 11 de novembro, das 14h às 19h, em Curitiba e Palotina. Relação dos aprovados para a segunda fase será divulgada no dia 30 de novembro

iG São Paulo |

Foi divulgada, nesta segunda-feira, 5, pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), a relação de locais das provas da primeira fase do Vestibular 2013. O comprovante de ensalamento pode ser verificado no site da instituição . As provas serão realizadas no dia 11 de novembro, das 14h às 19h, em Curitiba e Palotina.

Os candidatos que prestarem a primeira fase do vestibular da UFPR deverão responder 80 questões objetivas de múltipla escolha das seguintes disciplinas: português, literatura, matemática, física, química, biologia, geografia, história e língua estrangeira.

Unicamp: Confira os locais das provas da primeira fase do Vestibular 2013

Para a realização das provas, o vestibulando deverá levar RG, comprovante de ensalamento, caneta esferográfica preta, lápis ou lapiseira e borracha. Os estudantes devem ficar atentos ao horário, já que os portões serão fechados pontualmente às 13h30.

O processo seletivo 2013 da Universidade Federal do Paraná contabilizou 41.539 inscrições. Considerando, também, as inscrições para os cursos de formação de oficiais militares, o número sobe para 50.327. Dentre todos os cursos oferecidos pela instituição, Medicina é o mais concorrido, com 44,97 candidatos por vaga, seguido por Arquitetura e Urbanismo, com 25,38 por vaga.

Unesp: Saiba onde serão realizadas as provas da primeira fase do Vestibular 2013

A UFPR divulgará a relação de candidatos aprovados para a segunda fase, a ser realizada nos dias 9 e 10 de dezembro, no dia 30 de novembro. Nesta segunda etapa de exames, os vestibulandos realizarão provas discursivas específicas e de redação.

Quem for aprovado na segunda fase, cujo resultado final está previsto para o dia 18 de janeiro de 2013, deverá fazer o registro acadêmico entre os dias 28 de janeiro e 1º de fevereiro.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG