Educação para Todos , diz Unesco - Educação - iG" /

Venezuela é o país com mais chances de atingir metas do Educação para Todos , diz Unesco

CARACAS - A Venezuela é um dos países que tem mais chances de atingir seus objetivos do programa Educação para Todos (EPT), aceito por 164 nações, se esse país mantiver seus investimentos e políticas nessa área.

Agência Ansa |

Acordo Ortográfico

Edouard Matoko, diretor para a Venezuela da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), fez as declarações ao apresentar em um foro o informe mundial "Educação para Todos 2008".

A Venezuela "deu um grande salto qualitativo muito importante nos últimos anos" se comparado aos "outros países da América do Sul", afirmou Matoko.

Alguns dos objetivos do programa Educação para Todos, aceito por 164 nações em 2000 e que tem metas estipuladas para 2015, são a extensão da educação infantil, o acesso a um ensino gratuito e a obrigatória qualidade, alfabetização e melhoria na educação.

O ministro da Educação Superior da Venezuela, Luis Acuña, por sua parte, afirmou que o país cumprirá com as metas do milênio e manifestou que mais da metade da população venezuelana já está alfabetizada.

Acunã revelou que o governo do presidente Hugo Chávez destina 7% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação e nos próximos anos construirá dez novas universidades no país.

Por sua parte, Chávez destacou ontem, em um ato transmitido em rede nacional, que o número de bolsas de estudos concedidas pelo Estado nos últimos anos aumentou de forma significativa em relação aos governos anteriores.

Leia mais sobre: Educação

    Leia tudo sobre: educação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG