Veja as respostas da primeira fase do vestibular 2009 da Unicamp, comentadas pelos professores do Cursinho da Poli. http://educacao.ig.com.br/vestibular/tempo_real/ target=_topVeja como foi a correção completa http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/11/17/unicamp_surpreende_com_prova_sobre_homem_e_animais_2117101.html target=_topUnicamp surpreende com prova sobre homem e animais http://tvig.ig.com.br/Templates/Player.aspx?id=51227&video=realizacao-ig-correcao-do-vestibular-unicamp-2009 target=_topAssista aos comentários gerais da prova

Foram cobrados conceitos básicos em química e uma boa interpretação. O aquário foi utilizado para as duas questões.

1)

2)

3)
a)A pecuária extensiva utiliza, tradicionalmente, grandes extensões de terras, onde o gado se alimenta pastando, com menores investimentos, técnicas mais simples e menor produtividade.

Já a pecuária intensiva é feita com gado confinado, alimentado à ração, com mecanização e desenvolvimento tecnológico, principalmente na área de biotecnologia, o que resulta em aumento significativo de produtividade.

No entanto, nos últimos anos a relação de produtividade tem sofrido mudanças com a pesquisa e introdução de novas variedades de espécies formadoras de pasto (capins), desenvolvimento de animais mais robustos, adaptáveis e com crescimento e engorda mais rápida, trazendo para o sistema extensivo uma melhor produtividade.

Também é interessante ressaltar que a carne derivada de gado criado em pasto (extensivamente) tem hoje preferência em determinados mercados, como União Européia, por ser um animal criado com mais naturalidade, sem uso de hormônios e aditivos alimentares (vitaminas e proteínas). Esses produtos aceleram o crescimento e a engorda e são muito utilizados no gado criado confinado (pecuária intensiva).

b) O Domínio Morfoclimático do Pantanal, na verdade uma faixa de transição entre os ecossistemas, como cerrado e amazônia, é marcado pela presença de uma planície alagada periodicamente, com vegetação heterogênea, áreas arbustivas e herbáceas  e complexa rede hidrográfica. Todas essas características facilitam a expansão pecuarista na região.

4)
a)De acordo com a escala fornecida, 1: 150.000.000, um centímetro no mapa corresponde a cento e cinqüenta milhões de centímetros na realidade. Convertendo-se para quilômetros, temos:
150.000.000 cm = 1.500 km.

Então, 1 cm (um centímetro) no mapa corresponde a 1.500 km (um mil e quinhentos quilômetros) na realidade.

Se a distância de propagação entre o ponto de origem e a cidade de Fortaleza é de 16mm (dezesseis milímetros), que corresponde a 1,6 cm (um centímetro e seis décimos), temos:
1 cm = 1.500 km
1,6 cm = X km, onde X = 1,6 x 1.500 = 2.400 km

Dessa forma, a distância de propagação da abelha africana entre o ponto de origem e a cidade de Fortaleza é de 2.400 km (dois mil e quatrocentos quilômetros).

A propagação não avançou para a Patagônia argentina e para a cordilheira dos Andes por questões climáticas associadas à aridez e às baixas temperaturas. Nessas áreas, localizadas na faixa temperada de médias latitudes, temos clima de deserto, árido e frio de montanha.

b)A apicultura é uma atividade de baixo custo, pouca manutenção e que pode ser realizada sem grandes aprimoramentos técnicos. Pode ser consorciada com a maioria dos cultivos (milho, feijão, etc.) e com silvicultura, propiciando uma renda extra com dois produtos: mel e própolis. Existe um significativo aumento de produtividade nessas culturas a partir da presença, com maior densidade, de animais polinizadores (abelhas).

5)


6)


No ítem b deveria ser desconsiderada a resistência do ar. Sempre que o aluno observar o termo velocidade constante no exercício, ele deve lembrar que isso mostra que a força aplicada pelas asas e da resistência do ar é igual.

7)
a) As mutações, juntamente com outros fatores relacionados à variabilidade genética como o crossing-over, segregação independente de cromossomos homólogos e a fecundação, são responsáveis pela variação biológica (variação entre indivíduos de uma espécie). Essa variação intra-específica é submetida à pressão ambiental, que seleciona os indivíduos portadores das características mais favoráveis. Esses indivíduos reproduzem-se, transmitindo essas características aos seus descendentes resultando assim na evolução biológica.


b) A exposição excessiva aos raios X,  devido à sua ação ionizante, pode alterar o material genético durante a gametogênese. Caso o gameta que sofrera mutação participe da fecundação, transmitirá a alteração ao(s) descendente(s).

08)
a) ...borboletas cuja coloração se confundia com a dos troncos. A camuflagem confere ao animal a vantagem de poder passar despercebido por eventuais predadores.

b) Por serem anfíbios, sapos apresentam fecundação externa, que ocorre em ambiente aquático. Seus ovos não possuem casca e realizam  trocas de substâncias diretamente com o meio. O desenvolvimento é indireto, caracterizado por fase larval aquática. Já as cobras, por serem répteis, possuem fecundação interna. Seus ovos, além do saco vitelínico, têm casca calcária, âmnio e alantóide, o que permite o desenvolvimento direto ¿ sem fase larval ¿ no ambiente terrestre.

9)

A constante A é obtida pela razão entre o total acumulado de baleias capturadas em 15 anos, logo:
A =  34.200/15= 2.280

Segundo a escala apresenta/da, no eixo das ordenadas, A é ponto médio da origem ao ponto B, logo B = 2A = 4.560.

b) Do gráfico, o total acumulado até o final de 1990 é, aproximadamente, para:

  • Japão: 36.110
  • URSS/Rússia: 34.200
  • Brasil: 13.500

Total acumulado: 36.110 + 34.200 + 13.500 = 83.810.

10)
a) Sendo A a quantidade de peixes da espécie A e B a quantidade de peixes da espécie B, podemos representar a situação pelo sistema:

1,5A+1B= 800 (I)
   A+ B= 600 (II)

Da equação (II), temos:

B = 600 ¿ A

Substituindo na equação (I), temos:

1,5A + B = 800 -> 1,5A + 600 ¿ A = 800 -> 0,5A = 200 -> A = 400

Substituindo na equação (II), temos:

B = 600 ¿ A -> B = 600 ¿ 400 -> B = 200

Logo, há 400 peixes da espécie A e 200 peixes da espécie B.

b) O tanque deve comportar 7.200 peixes adultos, logo são necessários 18 m3. 

nº peixes               volume (metros cúbicos)
400       -------------- 1
7.200    -------------- x

x = 7.200x1/400 -> x= 18 metros cúbicos

O volume do tanque é dado por:

Vtanque = Vparalelepípedo = a x a x 2 = 2 ao quadrado

Portanto:

2a2 = 18 -> a2 = 9 -> a = +/- 3 -> a = 3

Logo as dimensões do tanque são (3 x 3 x 2) m.

Respostas:
a) 400 peixes da espécie A e 200 peixes da espécie B.
b) As dimensões do tanque são (3 x 3 x 2) m. 

11)
a) Segundo o texto, os camponeses não queriam perder sua safra em virtude dos ataques dos pombos e dos coelhos, devorando as sementes ou mesmo as plantas em diferentes momentos da produção.
A fúria contra estes animais estava ligada ao fato dos camponeses serem obrigados a pagar pesados tributos aos senhores de terras, fora as dificuldades de plantio, crescimento e colheita, especialmente prejudicada por mudanças climáticas, gerando queda da safra e alta de preços entre 1783 e 1789.

b) Podemos citar a isenção de impostos e a justiça diferenciada, bem como o privilégio na indicação dos altos cargos do governo, forças armadas e diplomacia e também a autorização para a caça nos bosques e florestas.

12)
a) Segundo o texto, os personagens de Disney serviram à Política da Boa Vizinhança, política colocada em prática pelos EUA durante a Segunda Guerra Mundial (1939-45) para tentar cooptar os países latino-americanos para participarem ao lado dos Aliados na guerra, na medida em que apresentava os típicos personagens estadunidenses: o Pato Donald, por exemplo, nutrindo amizade e cordialidade, numa relação harmoniosa e sintonizada, com o personagem Zé Carioca, também criação de Disney, mas que supostamente encarna a espírito brasileiro, com muita malandragem e boa lábia. O Brasil foi alvo desse esforço por sua importância estratégica no fornecimento de matérias-primas, aço, por exemplo, para a indústria bélica e alimentos, além de sua participação na área militar, com o envio de tropas.    

b) Iniciada a Segunda Guerra, o governo Vargas, em que pese a identidade fascista do Estado Novo (1937-45), pautou-se por uma política pendular, ou seja, oscilando entre o Eixo e os Aliados.
Todavia, em 1942, com o acordo Brasil-EUA, que viabilizou a transferência de capital e de tecnologia norte-americana para a construção da CSN, o governo Vargas declarou guerra ao Eixo. Entretanto, a participação do Brasil na guerra contra o Eixo (fascismo) levou à dita contradição do Estado Novo ¿ internamente as forças armadas sustentavam uma ditadura e no exterior elas combatiam as ditaduras do nazi-fascismo.

Assim sendo, com  a derrota do Eixo em 1945, Vargas foi obrigado a fazer a redemocratização do Estado Novo.

O tema da prova de Redação do vestibular Unicamp 2009 foi o homem e os animais. A coletânea, constituída por seis textos de apoio, diferentemente dos anos anteriores em que costumava ser mais extensa ¿ cerca de dez textos ¿, em nada ficou devendo, no entanto, no que diz respeito ao conteúdo apresentado. Os excertos eram ricos em informações e ofereciam ao candidato subsídio para as reflexões e questionamentos sobre o tratamento dado aos animais nos diversos segmentos sociais.

As controvérsias geradas pelo tema eram apresentadas a partir de uma bem urdida dialética entre as ideias dos defensores dos animais e aqueles que apresentam o sacrifício das outras espécies como ato necessário à preservação e melhoria de condições da vida humana.

O vestibulando poderia abordar a vivissecção, que atualmente frequenta os noticiários, por meio dos quais se tem ciência da aprovação de leis avançadas com intuito de privilegiar o chamado bem-estarismo animal em detrimento do posicionamento dos abolicionistas que consideram essa prática insuficiente, pura e simples, como desejam os defensores dos direitos das espécies; as experiências científicas, utilizando os animais como cobaias, sem levar em consideração as demonstrações claras de dor insuportável. 

O candidato poderia, ainda, contando com seu próprio repertório de conhecimentos, tomar como referência questões ecológicas decorrentes da produção desenfreada de animais para abate e consumo, considerando-se que, de acordo com o principal cientista da ONU, Presidente da IPCC, 18% dos gases causadores do efeito estufa são provenientes da produção de carne, incluídas aí as queimadas para abertura de pastos e plantação de grãos para consumo animal, contra 12% produzidos pelos transportes, em todo o mundo.

Sem dúvida, uma leitura atenciosa, bem como senso crítico e clareza na exposição do raciocínio eram condições fundamentais para o sucesso do vestibulando na elaboração de seu texto.

Leia mais sobre: Vestibular

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.