USP terá 'pelotão universitário' com policiais estudantes

Unidade de policiamento especializada será formada por PMs que são alunos da universidade

AE |

selo

A Polícia Militar (PM) vai criar uma unidade de policiamento especializada no público universitário. PMs que cursam graduação e pós-graduação na Universidade de São Paulo (USP) devem participar do treinamento do novo pelotão e serão destacados para policiar a Cidade Universitária. Para a corporação, eles entendem "melhor o que pensam os universitários" e podem ajudar a adaptar o policiamento comunitário ao ambiente da USP.

Além do reforço na atuação da PM, a ampliação da presença da Polícia Civil no câmpus do Butantã, na zona oeste, está entre os pedidos da USP à Secretaria de Segurança Pública. A proposta é que a Polícia Civil crie um destacamento especializado na investigação de crimes dentro da universidade. Essa é uma das solicitações encaminhadas pela reitoria ao governo do Estado, que faz parte de protocolo de cooperação definido após a morte do estudante Felipe Ramos de Paiva , de 24 anos, assassinado no campus no último dia 18.

A PM ainda aguarda a análise do protocolo pela SSP, mas entre as medidas de policiamento ostensivo a serem adotadas está a instalação de pelo menos uma base móvel no campus e policiamento com bicicletas durante os fins de semana. A maior presença da Polícia Civil, na visão da reitoria, servirá para combater quadrilhas especializadas em crimes na Cidade Universitária.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Agência USP
Campus Butantã da USP é bastante arborizado e o tem regiões pouco iluminadas

    Leia tudo sobre: segurançaPM na universidadeUSPPM na USP

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG