USP faz testes para empréstimo de bike na Cidade Universitária

Esquema começará na próxima segunda-feira com quatro bicicletas

AE |

selo

Na próxima segunda-feira a Universidade de São Paulo (USP) testa com quatro bicicletas um projeto de empréstimo dentro da Cidade Universitária. Elas poderão ser retiradas nas estações do prédio da Faculdade de Engenharia Mecatrônica da Politécnica ou do prédio do Biênio.

AE
Área que será um dos pontos de empréstimo a partir de segunda, 2 de maio
O percurso pode ser feito em 20 minutos, tempo máximo de empréstimo. "Os testes serão feitos mais para verificarmos detalhes e fazer a interação com a comunidade", explicou o engenheiro Maurício Serrano Villar. Essa fase deve se estender até novembro. Até lá, a ideia é saber como alunos e funcionários da USP avaliam o sistema. "As pessoas vão poder dizer se precisam de mais tempo (para usar as bikes), por exemplo." Concluído esse período, pretende-se expandir o número de bicicletas para cem, espalhadas em dez pontos da Cidade Universitária.

"Queremos dar uma alternativa: em vez de ficar andando de carro dentro da escola, por que não pará-lo em um prédio e usar a bicicleta?", sugere Villar. O engenheiro é o pai do projeto, ao lado do amigo Maurício Matsumoto. Em 2005, os então estudantes de Engenharia Mecatrônica desembarcaram na França, por conta de convênios da USP com escolas francesas.

Ali, ao longo de dois anos e meio, conheceram o sistema de empréstimo de bicicletas existente em Marselha e Lyon e decidiram adaptá-lo para o Brasil. "Usávamos como meio de transporte lá e quando voltamos tivemos a ideia de fazer na USP." A dupla apresentou o sistema no projeto de conclusão do curso, em 2009. A Coordenadoria do Câmpus simpatizou-se com a ideia e desembolsou R$ 50 mil para que as bikes se tornassem realidade no campus.

"Aqui, quem não tem carro depende de carona, vai a pé, ou depende do (ônibus) circular, que não consegue atender a toda demanda, acarretando veículos lotados e atrasos", observou Villar. As estações de bicicleta têm atraído a atenção de estudantes. "Quem mora nos arredores (do campus), como eu, poderá passar pelo portão e usar a bike", afirmou o estudante João Carlos Rocha de Borba, de 21 anos.

    Leia tudo sobre: bicicletasusppedaluspempréstimoteste

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG