USP eleva verba para pesquisa em 40%

Para contemplar todas as propostas aprovadas por comissão externa, reitoria investirá R$ 70 milhões

iG São Paulo |

A Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) divulgou os projetos contemplados pelo Programa de Apoio à Pesquisa, que pela primeira vez vai financiar diretamente projetos da instituição. Foram aprovadas, no total, 43 propostas, dentre as 122 inscritas, com a participação de cerca de dois mil docentes da universidade. E houve um aumento de 40% no valor previsto de investimento.

Para atender à demanda, o reitor da USP, João Grandino Rodas, aprovou o aumento dos recursos destinados ao programa, que passaram dos R$ 50 milhões iniciais previstos para R$ 70 milhões. De acordo com a Pró-Reitoria de Pesquisa, trata-se do maior programa institucional de incentivo à pesquisa desenvolvido pela USP.

“O objetivo era fazer com que os pesquisadores reexaminassem a maneira de organizar a pesquisa na USP, estabelecer laços e relações com outros que tenham atividades afins e criar novos padrões focados em temas mais amplos e que precisam de participação múltipla”, disse o pró-reitor de pesquisa da USP, Marco Antonio Zago.

Os recursos destinados aos projetos serão distribuídos de acordo com três modalidades: 22 projetos contemplados são de grupos consolidados, que receberão R$ 2 milhões cada um; 14 são de grupos promissores (cada um receberá o valor de R$ 900 mil); e 7 referentes aos chamados centros de instrumentação (que receberão R$ 1,5 milhão cada um).

A lista completa dos coordenadores dos grupos que tiveram suas propostas aprovadas está disponível em www.usp.br/prp/arquivos_pdf_doc_xml/Resultado_Edital1.pdf .

De acordo com a coordenação do programa, o julgamento e a seleção dos projetos foram realizados por uma comissão avaliadora formada por 21 pesquisadores e docentes externos à USP, oriundos de universidades e instituições brasileiras e estrangeiras. Dentre elas estão o King’s College London, a Washington State University, a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Universidade do Porto e a Academia Brasileira de Ciências.

    Leia tudo sobre: usppesquisa40%

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG