USP aprova aumento de 27% no piso dos funcionários

Reitor espera que novo modelo de carreira possa ser usado também para professores

iG São Paulo |

O Conselho Universitário da Universidade de São Paulo (USP) aprovou nesta terça aumento de 26,92% no piso dos funcionários com ensino fundamental. O valor passa de R$ 1.210,90 para R$ 1.536,90.  Também foi aprovada a carreira funcional, que prevê mobilidade e a descentralização administrativa, com mais autonomia para as unidades.

No nível médio, o novo piso é de R$ 2.792,01 e no superior R$ 5.250,06. Segundo o diretor do Departamento de Recursos Humanos (DRH), Joel Souza Dutra, os funcionários técnicos e administrativos migrarão para o novo sistema no próximo mês e os demais a partir do próximo semestre. Tal enquadramento será analisado por comissões formadas em cada unidade ou órgão da universidade, a partir de diretrizes, critérios e instrumentos de avaliação estabelecidos pelo DRH. “Estamos contribuindo para a descentralização no que tange a assuntos de pessoal, ajudando as unidades a crescerem”, ressalta o reitor.

O reitor, João Grandino Rodas, se mostrou disposto a adotar a medida também para professores. "O modelo já se mostrou efetivo e poderá ser usado com relação a outros assuntos, inclusive relativamente aos discentes”, destaca.

    Leia tudo sobre: uspfuncionáriosaumento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG