Universidades vão qualificar 30 mil professores de áreas rurais

BRASÍLIA - O Ministério da Educação está recebendo propostas de universidades públicas federais, estaduais e municipais para projetos de cursos de licenciatura em educação no campo. A seleção vai até junho próximo. A meta é qualificar 30 mil professores sem graduação.

Agência Brasil |

O programa transfere para as universidades R$ 240 mil por ano, para cada turma de 60 alunos que as instituições organizarem durante quatro anos. Para cada professor que ingressa na formação, o ministério transfere R$ 4 mil anuais. O cadastro deve ser feito na internet, no site do MEC , mas os planos de trabalho precisam ser enviados pelos correios para a Diretoria de Educação para a Diversidade e Cidadania ¿ Coordenação Geral de Educação do Campo ¿ SGAS quadra 607, lote 50, edifício CNE, sala 104 ¿ Cep 70200-670 ¿ Brasília-DF.

O modelo básico da licenciatura deve ser seguido pelas instituições interessadas com curso de quatro anos, desenvolvido em etapas presenciais com 40 a 60 dias por semestre e fases em que os alunos mobilizam as comunidades onde trabalham ou residem. Em 2008, o ministério selecionou 32 instituições, que abriram 37 turmas para 2.153 professores do campo em todas as regiões do país. As aulas estão previstas para começar entre julho e agosto.

Leia mais sobre: Professores

    Leia tudo sobre: professorprofessoresuniversidadeuniversidades

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG