Universidade se associa a shopping para ampliar câmpus

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel), no Rio Grande do Sul, construirá a extensão de seu câmpus junto a um shopping center. Não se trata apenas de usar espaço do shopping, como já ocorre com algumas instituições particulares.

Agência Estado |

Por meio de uma fundação que apóia a universidade, a instituição federal receberá mensalmente parte dos lucros do empreendimento em troca da cessão de parte de um terreno para a construção das lojas.

A associação não foi contestada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), onde o processo foi parar, e é bem vista na cidade de 340 mil habitantes, localizada 250 quilômetros ao sul da capital Porto Alegre. Mas deixou parte da comunidade universitária apreensiva, tanto por misturar educação com comércio quanto por nunca ter sido exposta claramente a docentes e alunos.

Conhecido como Shopping do Porto, o projeto foi lançado em março deste ano e prevê a recuperação de prédios abandonados do antigo Frigorífico Anglo e a construção de novos edifícios num terreno de 12 hectares à margem do Canal São Gonçalo, região degradada da cidade. O complexo abrigará as instalações da reitoria da UFPel e de algumas unidades acadêmicas e, em espaços contíguos, 152 lojas, 6 salas de cinema, supermercado e parque de diversões. A inauguração está prevista para abril de 2009.

O projeto é comandado pela Fundação Simon Bolívar (FSB), uma das três fundações de direito privado que apóiam a universidade. A FSB arrematou o terreno em um leilão judicial por R$ 700 mil no final de 2005. Cedeu parte dele para a UFPel, que já começou a reformar e construir suas novas instalações. Em seguida, procurou parceiros para o empreendimento comercial. O Ministério da Educação informou que não comentaria o assunto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: universidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG