Um espelho gigante com 6,5 metros de diâmetro está em construção na Universidade do Arizona (EUA), para integrar um telescópio infravermelho que será instalado no observatório San Pedro Mártir, no México.

Clique para ampliar


Astrônomos mexicanos e americanos estiveram na universidade para acompanhar o processo na última quarta-feira. O novo telescópio vai permitir que os cientistas observem todo o céu visível desde o polo norte da Terra.

"Este vai ser um telescópio único no mundo, algo que colocará o México na mira da comunidade científica", afirmou José Antonio Mena, um dos diretores de desenvolvimento científico e acadêmico do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia do México.

O espelho tem um custo de aproximadamente US$ 40 milhões e pesa mais de dez toneladas. A Universidade Arizona é referência no mundo por ser a única instituição que detém a tecnologia de fundir, moldar e polir espelhos gigantescos.

O projeto para o novo telescópio no México começou há dez anos e a expectativa é que ele esteja em funcionamento até 2019.

Foto: Membros do Laboratório de Espelhos do Observatório de Steward, no Arizona, trabalham na construção do espelho de 6.5 metros que será usado no Telescópio de San Pedro Mártir, na Baixa Califórnia. O espelho pesa 12 toneladas. Crédito: Ray Bertram, Steward Observatory, University of Arizona.


Leia mais sobre: Telescópio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.