Universidade do Futuro vai selecionar estudante brasileiro

SÃO PAULO ¿ Criada por executivos de grandes empresas, como o co-fundador do Google, Larry Page, com apoio da NASA e contando com astronautas e cientistas renomados em seu corpo docente, a Singularity University (SU) chega ao Brasil para levar um talento para encontrar soluções para os problemas do futuro. Uma parceria feita com a Fiap vai permitir que um estudante ou ex-aluno de graduação ou pós-graduação da universidade faça o curso de dez semanas no Vale do Silício, no campus de pesquisa da Nasa, nos EUA.

Carolina Rocha, iG São Paulo |

O curso, que dura 10 semanas e custa US$ 30 mil, será bancado pela universidade brasileira, assim como os custos de hospedagem, viagem e despesas com documentação. Eu tenho uma pilha de mais de 1600 inscrições de pessoas interessadas em uma das 80 vagas na SU. Agora a Fiap vai fazer o trabalho de seleção de uma dessas vagas por mim, brinca o diretor da universidade do futuro, Salim Ismail.

Nascida há um ano e meio, a SU formou sua primeira turma em 2009, composta por 40 estudantes, cujos projetos tinham a missão de causar um impacto positivo em 1 bilhão de pessoas em 10 anos, usando como alavanca a aceleração de tecnologias para enfrentar os grandes desafios da humanidade.

Para 2010, a turma passa a ser de 80 promessas de líderes mundiais e, entre eles, estará o estudante brasileiro selecionado. Escolhemos o Brasil para ser nosso primeiro parceiro internacional, pois os problemas daqui são representações do que ocorre no resto do mundo. O indivíduo que conseguir pensar em uma solução para  problemas com o clima, a pobreza, a superpopulação, entre outras questões nacionais conseguirá resolver também os problemas da maior parte do mundo, explica Ismail.

Na primeira turma, a SU já contou com um brasileiro, Ron Furlan, mas ele consta na lista de estudantes como vindo do Canadá, pois mora neste país. O brasileiro é especialista em inteligência artificial, em redes sociais, games e softwares para internet e atualmente dá aulas como professor convidado nas áreas de robótica, sistemas de rede e inteligência artificial na Singularity University.

O próximo estudante brasileiro a ir para a SU terá que enviar para a Fiap até o dia 9 de abril uma proposta de inovação tecnológica que será capaz de transformar e trazer valor agregado à vida de pelo menos 1 milhão de brasileiros nos próximos quatro anos. A proposta selecionada será anunciada em 23 de abril e o candidato aprovado ficará de 19 de junho a 31 de julho nas dependências da Nasa, na Califórnia.

    Leia tudo sobre: googlesingulary universityuniversidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG