Unifesp é a melhor universidade do País, avalia MEC

BRASÍLIA - Duas semanas após o reitor Ulysses Fagundes Neto renunciar ao cargo para responder às denúncias de uso irregular do cartão corporativo, a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) foi apontada pelo Ministério da Educação (MEC) como a melhor universidade do Brasil. A colocação se baseia no Índice Geral de Cursos da Instituição (IGC), que conceituou 173 universidades, 131 centros universitários e 1.144 faculdades. A Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade de Campinas (Unicamp) não quiseram participar da avaliação.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

Em uma escala de 500 pontos, a Unifesp conseguiu 439 pontos. A nota que cada instituição recebeu foi calculada de acordo com Conceitos Preliminares dos Cursos da instituição (CPCs) mais a nota do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

"Esse índice fará com que a sociedade tenha mais clareza das instituições de ensino e dos cursos que pretendem escolher", afirmou o ministro Haddad.

A partir do IGC, comissões especializadas da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC farão visitas in loco às universidades. Cabe à Sesu elaborar um parecer a partir destes dados sobre cada instituição de ensino superior para o Conselho Nacional de Educação (CNE), que, por sua vez, é responsável pelo credenciamento das instituições. Universidades mal avaliadas pelo IGC e pelas visitas in loco podem não garantir a renovação do credenciamento.

Ranking

As universidades federais são as mais bem colocadas no ranking do IGC. Do total, 30,1% delas ficaram com IGC 4 ou 5, enquanto os Centros Universitários que receberam a mesma nota representam apenas 9% do total. Faculdades isoladas possuem apenas 5% na mesma categoria.

Dentre as universidades particulares, apenas a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) ficou entre as dez mais bem colocadas, com 385 pontos.

Saiba quais são as 10 melhores universidades:

1º Universidade Federal de São Paulo (federal) - 439 pontos;
2º Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (federal) - 425 pontos;
3º Universidade Federal de Viçosa (federal) - 417 pontos;
4º Universidade Federal de Minas Gerais (federal)  - 414 pontos;
5º Universidade Federal do Rio Grande do Sul (federal) - 410 pontos;
6º Universidade Federal do Triângulo Mineiro (federal)    - 402 pontos;
7º Universidade Federal do Rio de Janeiro (federal) - 392;
8º Universidade Federal de São Carlos      (federal) - 390 pontos;
9º Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (privada) ¿ 385 pontos;
10ºUniversidade Federal de Itajubá (federal) ¿ 381 pontos

Leia mais sobre: IGC - universidades

    Leia tudo sobre: igcuniversidades

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG