Unicamp e Santander renovam acordo para 940 bolsas de estudos

Parceria significa um investimento de R$ 10 milhões durante quatro anos. Banco também investirá na infraestrutura da universidade

iG São Paulo |

O reitor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Fernando Costa, e o presidente mundial do Grupo Santander, Emilio Botín, renovaram na última quarta-feira (3) o Acordo Marco de Colaboração Acadêmica entre a Unicamp e o Santander Universidades por mais quatro anos, até 2014. Com isso, mais 940 bolsas de estudos serão concedidas à Unicamp em um investimento de R$ 10 milhões durante os quatro anos.

Os alunos e os docentes poderão participar dos programas “top” de mobilidade internacional do Santander Universidades, que promove o intercâmbio cultural para países como China, Espanha, Estados Unidos e Reino Unido. O acordo também prevê a emissão, a cada ano, de mais 35 mil cartões universitários inteligentes, que disponibilizam tecnologias de integração de serviços para estudantes, professores e funcionários administrativos; apoio ao Vestibular da Unicamp e aos seus colégios técnicos; apoio a projetos de mobilidade internacional de pesquisa e ensino; e ampliação do atendimento do banco à comunidade, com a instalação de uma nova agência no campus de Limeira.

Botín destacou que o banco investirá R$ 450 milhões na criação de um centro tecnológico de um milhão de metros quadrados e R$ 300 milhões em um centro administrativo, que deve ser inaugurado em 18 meses.

Entre 2001 e 2010, a parceria entre a Unicamp e o Santander Universidades resultou em 647 bolsas de estudos e 120 mil cartões inteligentes. Desde a criação o Santander Universidades em 1996, já foram investidos mais de R$ 2 bilhões, com a concessão de mais de 70 mil bolsas em 20 países.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG