Prova pediu três textos de gêneros diferentes e inovou ao fugir dos tradicionais narrativa, carta e dissertação

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou nesta quinta-feira a expectativa da banca avaliadora para as redações exigidas na primeira fase do vestibular Unicamp 2011, realizada no último domingo (21).

- Veja o que a banca examinadora espera das redações dos candidatos

Neste ano a Unicamp mudou a primeira fase do seu vestibular para uma prova com as três redações e 48 questões de múltipla escolha e não mais as 12 dissertativas, como era aplicado até o ano passado. Os estudantes foram surpreendidos pelos gêneros exigidos. Tradicionalmente, a Unicamp cobrava uma dissertação, uma narração e uma carta. Desta vez, o vestibular pediu um comentário em site sobre um gráfico de pesquisa sobre valores dos jovens, um discurso de um presidente de grêmio estudantil apresentando uma pesquisadora e um artigo jornalístico-opinativo embasado em um texto literário.

No domingo, 53.284 estudantes fizeram a prova da primeira fase do Vestibular Unicamp 2011, na disputa por umas das 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp).

A lista de aprovados para a segunda fase será divulgada no dia 20 de dezembro, juntamente com os locais de prova. A segunda fase acontece entre os dias 16 e 18 de janeiro de 2011. As provas de aptidão, para os cursos que as exigem, serão realizadas entre 24 e 27 de janeiro, em Campinas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.