Unesco quer sensibilizar gestores sobre importância do acesso à leitura e à escrita

BRASÍLIA - O livro Alfabeto da Esperança: Escritores pela Alfabetização, originalmente publicado em inglês, reúne textos sobre a importância da leitura e da escrita na vida de uma pessoa. Quinze escritores de diferentes nacionalidades contribuíram para a publicação que será lançada nesta quarta-feira à noite pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em Brasília.

Redação com Agência Brasil |

O livro faz parte do programa Escritores pela Alfabetização. Promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU) no âmbito da Década das Nações Unidas para a Alfabetização (2003 ¿ 2012) a iniciativa tem o objetivo de desenvolver um ambiente sustentável de alfabetização para todos. Segundo dados da Unesco, 776 milhões de cidadãos não têm acesso à leitura e à escrita, dois quais dois terços são mulheres.

O especialista em educação da Unesco no Brasil, Timothy Ireland, disse que o objetivo é sensibilizar os responsáveis pelas políticas de alfabetização sobre a imensa importância de se criar possibilidades para que as pessoas que não tem acesso à leitura e à escrita passem a ter.

A versão em português ganhou textos de João Ubaldo Ribeiro e do senador Cristovam Buarque (PDT-DF). Na original, apenas o escritor Paulo Coelho constava da seleção.

Questionado sobre o incentivo que o Brasil dá ao acesso à leitura e à escrita, Timothy avaliou como significativos os esforços feitos pelo Ministério da Educação para eliminar a alfabetização. Tem sido um trabalho muito importante. Infelizmente ainda há muito a fazer. É necessário garantir tanto o acesso à alfabetização quanto o acesso à continuação dos estudos.

O livro será lançado às 20h, no Centro de Ensino Médio nº 4 da cidade de Ceilândia Sul, que fica a cerca de 30 quilômetros de Brasília. Participam da cerimônia o representante da Unesco no Brasil, Vincent Defourny, e o secretário de Educação do DF, José Luiz Valente.

Leia mais sobre: Unesco

    Leia tudo sobre: leituraunesco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG