Um em cada dez matriculados em curso de qualificação profissional abandona as aulas

RIO DE JANEIRO - Uma em cada dez pessoas que já frequentou algum curso de qualificação profissional no País abandonou as aulas antes de obter o certificado de conclusão.

Redação com Agência Brasil |

De acordo com o levantamento divulgado nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base nas informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2007, essa realidade atingia naquele ano aproximadamente 2,4 milhões de brasileiros que alegaram, na maioria das vezes (25,5%), problemas financeiros como o principal motivo para desistir da qualificação.

Em seguida, vem a insatisfação com o curso (18,7%). Entre os que conseguiram levar os estudos até o fim (21,5 milhões de pessoas), mais da metade (56,4%) trabalhava, em 2007, ou havia trabalhado anteriormente na área de atuação. Entre eles, 65,7% disseram que decidiram fazer o curso porque ele oferecia o conteúdo necessário ao desempenho do trabalho.

Já entre os que concluíram a qualificação profissional, mas nunca trabalharam na área de formação (9,4 milhões de pessoas), 31,1% afirmaram que faltavam vagas de trabalho no setor escolhido e 30,4% encontraram melhor oportunidade em outra área.

A análise regional aponta que a Região Nordeste concentrava o maior percentual de pessoas que não conseguiram encontrar vagas (41,8%) e o Sul apresentava o índice mais elevado das que alegaram ter encontrado oportunidade melhor de trabalho (35,1%).

Leia mais sobre: Pnad

    Leia tudo sobre: pnad

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG