Trote de alunos da UnB é alvo de representação no DF

Secretaria do governo questiona trote em que calouras participaram lambendo linguiça com leite condensado na frente de veteranos

AE |

selo

Um trote de alunos da Faculdade de Agronomia e Veterinária da Universidade de Brasília (UnB) virou alvo de representação da Secretaria de Políticas para as Mulheres encaminhada ao Ministério Público Federal e à reitoria da universidade.

Agência UnB
Trote violento se repete na UnB
A secretaria pediu esclarecimentos à UnB sobre o episódio em que calouras, no dia 11 de janeiro, participaram de trote lambendo linguiça com leite condensado na frente de veteranos. E essa não foi a primeira vez que esse trote é aplicado na UnB, como mostrou o iG no ano passado .

Para o reitor José Geraldo de Sousa Junior, as fotografias batidas durante o evento mostram ações que "violam a ética da convivência comunitária". O trote também foi condenado pelo diretor da faculdade, Cícero Lopes. Segundo a assessoria da UnB, a representação foi feita a partir de denúncia de aluna à ouvidoria da secretaria.

    Leia tudo sobre: troteunbunivesidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG