Trote com fezes e urina é investigado em Pernambuco

Imagens denunciam brincadeira violenta realizada perto da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina

Renata Baptista, iG Pernambuco |

Mais um caso de trote que passou dos limites veio à tona esta semana, em Pernambuco. Imagens de alunos veteranos jogando supostamente fezes e urina de animais nos calouros foram entregues, no último dia 5, à Ouvidoria da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

Os trotes teriam sido aplicados perto do campus de Ciências Agrárias da universidade, em Petrolina (PE). Imagens e fotos feitas durante a brincadeira violenta, no ano passado, foram anexadas à denúncia à universidade, que está sendo investigada pela Procuradoria Federal, junto à instituição.

Nas imagens, que foram colocadas na rede Youtube em agosto do ano passado, é possível ver alunos com jalecos branco atirando os dejetos de animais no calouros em uma estrada de barro próxima à universidade.

A comemoração era realizada dentro do campus até 2007, mas a universidade proibiu a prática desde então após denúncias do trote. Em nota, a Univasf declarou que repudia e coíbe qualquer ato de violência física, psicológica ou de constrangimento que possa ser imposto aos membros da comunidade universitária, em especial, aos calouros.

nullO pró-reitor de Ensino da instituição, João Sedraz, afirmou que sindicâncias já foram abertas para apurar casos de desvio de conduta na universidade. Segundo ele, já aconteceram casos de advertência e até mesmo suspensão de alunos. Em algumas situações, a investigação é encaminhada à polícia para melhor averiguação.

Na próxima segunda-feira acontece o início do semestre letivo na Univasf, que está dando início a uma campanha antitrote, envolvendo ações de conscientização e humanização das atividades de recepção aos calouros.

    Leia tudo sobre: trotePernambucoUnivasfurinafezes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG