Tornado pode ter atingido cidades em Santa Catarina

Um tornado pode ter sido responsável pela grande destruição que ocorreu em cidades da fronteira-oeste de Santa Catarina com a Argentina na madrugada desta terça-feira (8).

Apolo11 |

Clique para ampliar


De acordo com a Defesa Civil do Estado, treze cidades sofreram danos estruturais. O órgão analisa imagens de satélite da região na noite de ontem (7) e trabalha com a hipótese de que um tornado que atingiu a província de Misiones na Argentina teria causado estragos também em Santa Catarina.

Em Guaraciaba, uma das cidades catarinenses mais castigadas, cerca 2.300 residências foram destruídas pela ventania. Quatro pessoas morreram em um desabamento.

"Eu não tenho dúvida de que foi um tornado, em razão do tipo de destruição. Foi algo assombroso", afirmou o diretor da Defesa Civil catarinense, major Márcio Luiz Alves. Os ventos podem ter chegado a 200 km/h, completou o major.

O fenômeno meteorológico teve seu epicentro em uma zona rural no município de San Pedro, em Misiones (Argentina). No território argentino oito pessoas morreram e 40 ficaram feridas. A Defesa Civil local relatou que o tornado derrubou casas, postes e árvores em sua passagem pela região.

Tornado

O tornado é um intenso redemoinho de vento formado por um centro de baixa pressão, que se forma normalmente durante as tempestades. Devido à intensa força dos ventos o fenômeno está entre os mais fortes da natureza, podendo chegar a mais de 500 km/h.

Quase sempre o fenômeno ocorre no final da tarde, quando a atmosfera se encontra mais instável, com forte turbulência e com presença de nuvens cumulonimbus, mas não é incomum que aconteçam em outros horários, inclusive à noite.

Os tornados se formam a partir de uma categoria especial de nuvens chamadas "super-células de tempestade", que se fortalecem durante o dia e se transformam em intensas tempestades de granizo, com pedras que variam desde o diâmetro de uma bola de gude até ao de uma bola de tênis.

Maiores tornados no Brasil

No Brasil, as épocas mais propícias ao aparecimento dos tornados são a primavera e o outono. De acordo com pesquisas recentes, uma porção significativa das destruições ocorridas nos Estados do sul e também parte do Sudeste e Centro-Oeste e normalmente atribuídas aos vendavais são na verdade provocadas por tornados.

Veja abaixo uma relação parcial de tornados ocorridas no Brasil:

17 de fevereiro de 1985 - São Paulo, SP (tornado F0 na forma de tromba d'água na Represa de Guarapiranga atinge o São Paulo Yacht Club). 5 A data foi obtida através da matéria citada, considerando que o tornado formou-se em um domingo de Carnaval em 1985.

30 de setembro de 1991 - Itu, SP (tornado F4, provavelmente o maior já registrado no país mas não documentado pela mídia impressa com 16 mortes)

28 de novembro de 1995 - Campinas, SP (tornado não ducumentado pela mídia impressa onde foram destruídos vários prédios da região, inclusive o centro de convenções da Unicamp)

27 de janeiro de 1996 - litoral de Santa Catarina (Tromba d'água) - litoral de Santa Catarina

13 de fevereiro de 1999 - Osório, RS

11 de outubro de 2000- Viamão, RS- F3 (uma morte e cidade parcialmente destruída)

3 de Maio de 2001 - Rio de Janeiro, RJ - Tromba d'água.

4 de maio de 2001 - Região de Campinas, SP (tornado F3 deixou uma pessoa morta e prejuizo superior a 30 milhões de reais)

8 de julho de 2003 - São Francisco de Paula, RS

25 de Maio de 2004 - Lençóis Paulista, SP

11 de dezembro de 2003 - Antônio Prado, RS

25 de maio de 2004 - Palmital ¿ SP (tornado F3 tombou um ônibus deixando 4 mortos e 25 feridos)

3 de janeiro de 2005 - Criciúma, SC (tornado F1, dois tornados simultâneos)

21 de fevereiro de 2005 - Rio de Janeiro (Magé/RJ) - Tromba d'água

18 de abril de 2005: Rio de Janeiro - Tromba d'água no Rio de Janeiro - RJ

10 de maio de 2005 - Ubatuba, SP (Tromba d'água)

24 de maio de 2005 - Indaiatuba, SP (tornado F3 com vórtices múltiplos - R$ 100 milhões em prejuizos)

20 de junho de 2005 - Macaé, RJ - Um tornado danificou ao menos 20 casas e seis helicópteros, na noite de segunda-feira, em Macaé (RJ). Seis pessoas tiveram ferimentos leves.

8 de agosto de 2005 - Bacia de Campos, RJ - Tromba d'água.

30 de agosto de 2005 - Muitos Capões, RS (tornado F2, acompanhado de chuva e granizo)

26 de outubro de 2005 - Manaus, AM (Tromba d'água)

2 de janeiro de 2006 - Florianópolis, SC

22 de fevereiro de 2006 - Joinville, SC pequeno tornado atingiu a cidade, ele foi classificado como F0.

23 de março de 2006 - Florianópolis, SC (Tornado escala F1)

29 de março de 2006 - Piracicaba, SP (Tornado escala F1)

19 de janeiro de 2007 - Promissão, SP (Tornado escala F1)

24 de setembro de 2007 - Ji-Paraná, RO, F1

20 de outubro de 2007 - Ronda Alta, RS (tornado F2, acompanhado de chuva e granizo)

13 de novembro de 2007 - Meio Oeste e Oeste catarinense, SC (tornado F1, acompanhado de chuva e granizo, destelhou muitas casas em Campos Novos.

14 de novembro de 2007 - Noroeste gaúcho, RS (tornado F1, foi acompanhado de muita chuva e granizo, 90% das casas destelhadas, algumas casas e uma Igreja Evangélica foram totalmente destruídas, prédios públicos foram atingidos e muitos postes de luz, torres e árvores também foram ao chão em Boa Vista do Buricá.

12 de Fevereiro de 2008 - Salvador, BA (tornado F0, formação de pequena tromba d'água na praia da Paciência, localizada no bairro do Rio Vermelho.

16 de Fevereiro de 2008 - Tubarão, SC. Tornado com intensidade F1 no distrito de Lageado, no município de Tubarão, SC. 10 árvores caíram, duas casas tiveram seus telhados arrancados e uma pessoa ficou ferida quando a porta de sua casa foi arrancada pela força do vento.

2 de Março de 2008 - Florianópolis, SC. Tromba d'água, com intensidade desconhecida, se formou próximo ao município de Governador Celso Ramos e foi até a praia de Canasvieiras em Florianópolis.

10 de Março de 2008 - Campinas, SP.

22 de abril de 2008 - Cesário Lange, SP

10 de Junho de 2008 - Santarém, PA. Tornado F0 se formou no rio que banha esta cidade, se caracterizando como uma tromba d'água durante 8 minutos, sem causar danos.

26 de Junho de 2008- São Luís, MA. Tornado F0 atingiu zona rural da capital maranhense, derrubando árvores e causando pequenos estragos. O fenômeno teve duração de apenas 5 minutos esta é segunda vez que um tornado atinge a região em menos de dois meses, o primeiro foi no início de Maio, na praia de Araçagy.

10 de Setembro de 2008 - Tabaí, RS. Tornado F1 atinge a BR-386, em território deste mesmo município, derrubando alguns veículos e várias árvores.

15 de Novembro de 2008 - Itupeva, SP. Tornado provoca destruição da creche.

29 de Novembro de 2008 - Coração de Maria, BA. Pequeno tornado atinge a cidade, causando vários danos. Várias famílias ficaram desabrigadas e 90% das casas foram danificadas.

25 de Dezembro de 2008 - Lins, SP. Tornado atinge a zona rural deste município sem causar vítimas e danos.

21 de abril de 2009 - Rio de Janeiro, RJ. - Tromba d´água na Praia de São Conrado na Auto Estrada Lagoa-Barra, Litoral do Rio de Janeiro.

27 de abril de 2009 - Rio de Janeiro, RJ. - Tromba d´água na Praia de Ipanema - Posto 8.

6 de junho de 2009 - Rio de Janeiro RJ. - Tromba d´água na Barra da Tijuca.

Foto: No topo, imagem de satélite captada às 23h30 UTC (20h30 Hora Local) mostra pesadas nuvens de tempestade do tipo Cumulonimbus sobre a fronteira do Estado de Santa Catarina com a cidade argentina de Misiones. Crédito: NOAA/GOES/CPTEC/Apolo11.com. No detalhe, um típico tornado com seu redemoinho de vento. Crédito: Wikimedia Commons.


Leia mais sobre: Tornado

    Leia tudo sobre: chuvachuvastornado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG